RADAR / LANCE!
02/06/2016
10:47
João Pessoa (PB)

Uma confusão na arquibancada do Amigão ofuscou a vitória do Campinense sobre o Botafogo-PB, por 3 a 2, pelo jogo de ida da final do Campeonato Paraibano. No decorrer da partida, foram disparadas cinco bombas e houve troca de agressões entre as torcidas.

Os incidentes ocorreram especialmente na Arquibancada Sol, dividida por torcedores do Belo e da Raposa, mas contendo um espaço vazio. Uma das bombas atingiu uma torcedora do Campinense, que passou mal e teve de ser carregada até a ambulância.

Os incidentes se estenderam ao apito final. Parte da torcida do Botafogo-PB passou a atirar pedras e garrafas no setor onde estava a torcida do Campinense. O árbitro da partida permitiu que os torcedores cruzassem o gramado.

A atitude teve uma consequência ainda mais grave: torcedores do Campinense passaram a provocar os adversários, e houve novo tumulto com torcedores do Botafogo-PB, que jogaram pedras e garrafas. A polícia tentou conter a reação com tiros de balas de borracha e atirando gás de pimenta. O Campinense pode perder por um gol que se sagra campeão paraibano.