RADAR/LANCE!
16/04/2016
17:47
Chapecó (SC)

A abertura da penúltima rodada do segundo turno do Campeonato Catarinense promete fortes emoções neste domingo, quando poderá acontecer a definição da decisão estadual. O líder Joinville visita a Chapecoense e precisa apenas de um empate para conseguir o título. Se isso acontecer, as duas equipes farão a final.

O cenário para o Tricolor não poderia ser mais favorável. Afinal, o técnico Hemerson Maria tará força máxima para o confronto que poderá valer o passaporte para a decisão. Mesmo assim, quer a equipe com os pés no chão e sem pensar na vantagem do empate:

- É um jogo de alto grau de dificuldade, contra a melhor elenco do campeonato. Para eles, é a última chance de antecipar uma conquista de título, e nós não podemos acomodar a vantagem que temos. Não podemos entrar no jogo administrando a vantagem o que conquistamos com tanto sofrimento. Temos de jogar fortes e concentrados para sairmos com o título do turno.

Já a Chapecoense segue sonhando em conquistar o Estadual sem a necessidade de decisão. Para isso precisa vencer os dois últimos jogos e torcer para o rival deste domingo perder ou empatar na última rodada do segundo turno. A equipe segue confiando que a missão é possível.

- Sabemos a importância do jogo. É um jogo que a nossa equipe precisa vencer de qualquer maneira, porque se a gente almeja ainda ser campeão direto, temos uma pequena chance e pensamos nisso, passa por esse jogo de domingo e a gente precisa vencer - declarou o volante Gil.


Quem também olhará com carinho o confronto entre Chapecoense e Joinville será o Figueirense. A equipe da capital catarinense só mede forças com o Camboriú na segunda-feira. Para conquistar o segundo turno, o Figueira precisa vencer seus dois últimos jogos, torcer por duas derrotas do Tricolor e uma vitória e empate ou derrota da Chape na última rodada.