Edson Ratinho

Edson Ratinho ajuda o Papão a sair de um resultado adverso de 2 a 0 e arrancar empate com o CRB na noite deste sábado no estádio da Curuzu, em Belém (Foto: Fernando Torres / Divulgação / Paysandu)

RADAR/LANCE!
23/07/2016
23:45
Belém (PA)

O CRB perdeu a chance de manter-se na vice-liderança da Série B, ao empatar em 2 a 2 com o Paysandu em Belém. Embora jogasse fora de casa, o time abriu 2 a 0 e seguia com vitória confortável, mas acabou sofrendo o primeiro gol aos 36 da etapa final e cedeu a igualdade nos acréscimos. Assim, o time chegou aos 32 pontos, caindo para o terceiro lugar, atrás de Vasco (35) e Ceará (33). O Paysandu se mantém como o rei dos empates (foi o nono em 17 rodadas) e encerra a rodada em 14º lugar, com 21 pontos.

Olivio abriu o placar para o CRB no primeiro tempo e Neto Baiano ampliou aos 21 da etapa final. Leandro Baiano, de pênalti, e Domingues marcaram para o Papão.  

O jogo teve um lance extremamente polêmico. No primeiro tempo, quando o placar estava 1 a 0, o goleiro Emerson  do Paysandu encaixou um cruzamento e o atacante Zé Carlos ficou na sua frente para evitar o contra-ataque,  logo em seguida saindo da jogada. Porém, Emerson, irritado, chutou a bola nas costas do atacante. A pelota, pela força do chute, retornou, encobriu Emerson e entrou. Gol legítimo, mas o árbitro Sandro Meira Ricci - árbitro da Copa2014 e representante brazuca nos Jogos do Rio - anulou, alegando que o atacante, quase dois metros à frente do goleiro e de costas para o lance, interferiu na reposição do goleiro.

- Não somente neste gol legitimo, o árbitro foi infeliz no lance do segundo gol do Paysandu, pois ele interpretou de forma incorreta a jogada. Embora o nosso rival seja forte e o empate tenha sido justo, não voltaremos para casa com os três pontos por causa destes dois erros grotescos de um árbitro Fifa - disse o treinador Mazzola Jr, que embora seja o comandante  do CRB foi muito aplaudido pela torcida do Papão, já que tem uma história de sucesso no clube paraense.

Curiosamente a torcida do Paysandu - invicto há 12 jogos, mas com oito empates na série) não parece nada satisfeita com o seu treinador Gilmar dal Pozzo, vaiado por causa das substituições (embora Domingues, que entrou, tenha empatado o jogo). 

- Isso não me tira do rumo. Estou acostumado. Mas sei que essa série de empates nos incomoda - disse o técnico Gilmar dal Pozzo.

Empate em Londrina

No outro jogo da noite deste sábado, em Londrina, o time da casa ficou  no 1 a 1 com o Sampaio Correa em jogo bem movimentado e várias chances de gol.  Germano abriu o placar para o Londrina e  Wagner empatou para os maranhenses. O Londrina é o sexto colocado com 25 pontos. O Sampaio permanece na lanterna,  agora com 12 pontos.