Técnico Lisca, do Ceará, pode ser o novo comandante do Figueirense (Fotos: Rafael Barros / cearasc.com)

          Lisca teria xingado volante (Fotos: Rafael Barros/Ceará)

RADAR/LANCE!
03/03/2016
14:31
Fortaleza (CE)

Na noite desta quarta-feira, o Ceará venceu o Sampaio Corrêa, por 3 a 1, no Presidente Vargas, em Fortaleza, pela quarta rodada do Grupo E da Copa do Nordeste. No entanto, mesmo com o triunfo, em casa, o técnico do Vozão, Lisca, protagonizou uma confusão com Arlindo Maracanã, jogador e ídolo do time maranhense.

Arlindo acusou Lisca, que treinou o Sampaio Corrêa, em 2014, de tê-lo xingado e também ofendido os torcedores maranhenses que foram ao estádio, o que gerou uma briga no meio do campo após o apito final do árbitro. O jogador revidou, chegando a afirmar que o treinador é mau caráter.

– Ele é um retranqueiro e mau-caráter. Ele veio me ofender dizendo que eu era ‘safado’ e eu retribui com o mesmo carinho. Eu tenho uma história no Ceará, tenho uma história e quem é Lisca? Foi campeão de quê? Aqui no Ceará já tive acessos e ajudei a livrar o time de rebaixamentos. Quem é o Lisca? Eu não conheço, só conheço o Ceará – afirmou Arlindo, na saída de campo, ao Esporte Interativo, justificando a confusão com Lisca, declarando ainda que o treinador não está à altura do Ceará:

– O Ceará é muito grande para ter um treinador desses. Ele tem que respeitar a torcida do Sampaio. Aqui jogando pelo Ceará contra o Fortaleza, fazia gols e era xingado pela torcida do Fortaleza, mas nunca desrespeitei a torcida, então ele tem que saber respeitar a torcida do Sampaio, que veio de São Luís para cá.

O desentendimento entre Lisca e Arlindo Maracanã vem desde quando o treinador trabalhou no comando do time do Maranhão, em 2014. Na ocasião de sua saída, o técnico teve alguns desentendimentos no clube, inclusive com Maracanã. 

Procurado para repercutir as declarações de Arlindo Maracanã, Lisca garantiu que nunca teve boa relação com o jogador.

– Não tenho nada para dizer. Trabalhei com ele no Sampaio e não foi legal nem da minha parte nem da dele. Nossa relação nunca foi boa mesmo. Não sei porque ele foi falar isso para vocês. Mas ele está em fim de carreira e precisa dar um jeito de aparecer. Mas ele vai ficar muito tempo no Sampaio ainda, é amigo do presidente (Sérgio Frota) – destacou o treinador do Vozão, também ao Esporte Interativo.

Ceará e Sampaio Corrêa somam sete pontos, mas o Alvinegro, por conta do saldo de gols, lidera o Grupo E da Copa do Nordeste. O Vozão voltará a atuar pela competição na próxima quarta, quando visitará o Flamengo-PI, no Albertão. Já a Bolívia Querida terá o Vitória da Conquista como rival, também fora de casa. O duelo será no Lomanto Júnior.