Edu - Itaboraí

                                                       Edu em ação com a camisa do Itaboraí (Foto: Bia Antunes)

LANCE!
16/09/2016
19:10
Rio de Janeiro (RJ)

Fazer o dever de casa no próximo sábado é importantíssimo para o Itaboraí seguir na briga por uma vaga na Série A do Campeonato Carioca do ano que vem. Pelo triangular final da Série B, a Águia recebe o Nova Iguaçu, às 15h, no Alzirão, em Itaboraí. Após empatar em 0 a 0 com o Campos, o time projeta somar os três pontos jogando sob seu domínio para assumir a liderança do triangular. Para isso, o atacante Edu, grande nome do acesso na temporada passada, é uma das esperanças da equipe.

– Temos consciência que vai ser um jogo difícil já que o Nova Iguaçu é um time forte e muito bem treinado pelo Edson Souza, mas sabemos da nossa capacidade, principalmente jogando com o apoio da nossa torcida. Estamos preparados e motivados para fazer um bom jogo e conseguir o resultado – avaliou Edu.

Na reedição da decisão do primeiro turno (que terminou com o título do Nova Iguaçu), o Itaboraí terá que superar baixas importantes. Isso porque com o imbróglio na Justiça envolvendo o Americano (excluído da competição em decisão do STJD por conta do vazamento do áudio em que um diretor do clube falava em manipulação de resultados) muitos jogadores acabaram deixando o clube para dar sequência ao trabalho em outra equipe.

– Perdemos jogadores importantes, mas quem ficou seguiu trabalhando muito firme e vimos isso no jogo contra o Campos. Nosso time mescla experiência e juventude e temos conseguido equilibrar esses fatores em campo – destacou o atacante, que soma apenas um jogo no Carioca por ter enfrentado uma grave lesão.

Se a ausência de peças importantes na temporada é um problema, por outro lado jogar com a torcida e embalado por resultados positivos em competições paralelas como a OPG e a Copa Rio são pontos positivos nesta decisão. Um dos trunfos do time é justamente o fator casa. Atuando no Alzirão ao longo da Segundona, o time fez 11 jogos, venceu nove e empatou apenas dois. Além do rival deste sábado, apenas o Sampaio Corrêa, na Taça Santos Dumont, não foi derrotado pela Águia no estádio.

Segundo o treinador Luiz Antônio, a tendência é que o time tenha uma postura mais ofensiva do que a que teve diante do Campos. Com opções reduzidas, o Itaboraí deve entrar em campo com: Dida; Fabão, Raphael Neuhaus e Rodrigão; Victor Silva, Peterson, Leônidas, Pedro e Maycon; Ricardinho e Edu.