Vitinho comemora gol no Gre-Nal
LANCE!
22/11/2015
18:55
Porto Alegre (RS)

O 5 a 0 imposto pelo Grêmio na Arena foi, em parte, vingado pelo Internacional neste domingo. O placar não foi dilatado, mas para o torcedor colorado o que importava era a vitória. Com gol de Vitinho, o Colorado fez 1 a 0 no Grêmio, no Gre-Nal 408 válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.  Somado ao revés do São Paulo, tal resultado aproximou o Inter do G4 – a missão colorada, agora, é secar o Santos. O Grêmio, que foi valente, desperdiçou a chance de se garantir na Libertadores já nesta rodada.

O Internacional, agora com 56 pontos na tabela, volta a atuar no Brasileirão no próximo sábado, quando visitará o Fluminense, no Maracanã, às 19h30. Já o Grêmio, no dia seguinte, receberá o Atlético-MG, na Arena, às 17h. O Tricolor segue com 62, em terceiro.

INTER SUPERIOR, MAS NADA DE GOLS

Sobrou disposição e muita vontade desde os primeiros segundos de bola rolando no Beira-Rio. Vontade que, em um Gre-Nal, aparece como virilidade em muitos momentos. Nada que não tradicional em um duelo repleto de rivalidade e com tanta importância como o de número 408 da história. D'Alessandro e Luan foram ao chão seguidas vezes. Eles sofreram quatro e cinco faltas, respectivamente.

O Inter, marcando com eficiência e não deixando espaços para o Grêmio deixar o seu campo d defesa, foi melhor nos primeiros 45 minutos. Vitinho, muito bem, levou perigo em finalização de fora da área, e depois serviu Anderson, que desperdiçou ótima oportunidade de frente para o gol. Tendo William apoiando bem na direita e D'Ale chamando a responsabilidade para si, o Colorado só pecou na hora de concluir.


O Grêmio, por sua vez, teve a já citada dificuldade para criar, para tentar envolver a marcação colorada. Sem o espaço imaginado, jogadores como Douglas e Giuliano não mostraram inspiração. Luan não se omitiu em momento algum, mas teve marcadores eficazes pela frente. Faltou a conhecida mobilidade tricolor, para a completa insatisfação de Roger Machado.


VITINHO MARCA, GRÊMIO PRESSIONA, MAS VITÓRIA É COLORADA

A insistência do Internacional na etapa inicial seria recompensada logo aos sete minutos do segundo tempo. Marcando ainda no campo de defesa tricolor, o Inter roubou a bola, Rodrigo Dourado se livrou de Erazo e deixou Vitinho na boa. E o artilheiro colorado no Brasileirão, agora com oito gols, não desperdiçou. Inter 1 a 0.

O Inter não diminuiu seu ímpeto após o gol. Pelo contrário. Com Rodrigo Dourado, outro que teve ótima atuação, Anderson e Vitinho, muito bem, o Colorado tratou de pressionar o Grêmio, que seguia encontrando muita dificuldade para vencer a marcação colorada quando tinha a bola. Roger, que já havia garantido a entrada de Pedro Rocha, apostou em Bobô na vaga de Douglas.

O Grêmio não desistiu. Teve boa chance com Giuliano, que não finalizou com a precisão necessária, e depois com Pedro Rocha, que obrigou Alisson a trabalhar. O Tricolor foi ganhando campo, pressionando o Inter, que sentiu muito a saída de Anderson, opção de Argel, e depois a de Vitinho.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 0 GRÊMIO


Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-hora: 21/11/2015 – 17h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Auxiliares: Alessandro A. Rocha de Matos (Fifa-BA) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)
Público/Renda: 30.692 pagantes/34.109 presentes/R$1.081.230,00
Cartões amarelos: Vitinho, William, Alisson e Silva (INT); Galhardo e Luan (GRE)
Cartões vermelhos: Não houve.

Gol: Vitinho, 7'/2ºT(1-0).

INTERNACIONAL: Alisson; William, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Nico Freitas (Silva, 37'/2ºT), Anderson (Bertotto, 24'/2ºT) e D'Alessandro; Vitinho (Alisson Farias, 34'/2ºT) e Lisandro López – Técnico: Argel Fucks.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro (Maxi Rodriguez, 34'/2ºT), Douglas (Bobô, 22'/2ºT), Giuliano e Everton (Pedro Rocha, Intervalo); Luan – Técnico: Roger Machado.