Hernani - Juventude

                                    Hernani em ação pelo Juventude na Série C (Foto: Arthur Dallegrave/Juventude)

LANCE!
20/08/2016
07:30
São Paulo (SP)

Sobra equilíbrio no Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro a partir do vice-líder Boa Esporte até o Mogi Mirim, sétimo colocado, a cinco rodadas do fim da fase de classificação. Um dos times que buscam vaga nas quartas de final é o Juventude, que vem em bom momento na temporada e, neste sábado, visita a Portuguesa, no Canindé, às 15h. Bom momento que foi exaltado pelo lateral-esquerdo Hernani, titular do Alviverde.

– A razão desses resultados é a entrega de todos os jogadores junto a comissão técnica que vem fazendo um trabalho muito legal, e nós jogadores estamos assimilando bem o que está sendo pedido – destacou o jogador, ao LANCE!

O Juventude é, com 20 pontos, o quinto colocado da chave, tendo a mesma pontuação do Ypiranga de Erechim, time que fecha o G4. Apenas o Guarani, líder do Grupo com 28, tem "folga" na tabela e classificação encaminhada.

– Desde o começo nós já sabíamos que seria difícil, pois hoje o futebol está muito igual, não tem uma equipe que se destaca, e a maioria das outras mantiveram a base do estadual, então por isso gera esse equilíbrio – disse Hernani, que já defendeu o Vasco e o próprio Juventude,

O Juventude busca rodada após rodada ingressar e permanecer no G4, já que vem de oito jogos sem derrotas na competição, sendo quatro vitórias e quatro empates. Superar a Lusa, que, no momento, luta contra o rebaixamento, é fundamental para que tal objetivo seja alcançado.

– Estamos numa busca incansável, pois o objetivo do clube é subir e não só a diretoria, mas todos envolvidos sabemos da importância de estar sempre no G4. Ainda não conseguimos nos firmar, mas com certeza vamos conseguir esse objetivo, pois todos nós que estamos trabalhando somos merecedores disso – destacou o lateral.

Hernani iniciou a temporada em um dos rivais do Juventude nesta Série C e também no último Gauchão, o Ypiranga, e celebra o fato de ter conquistado a titularidade na lateral esquerda da equipe de Caxias do Sul. São três jogos consecutivos entre os 11 do time comandado por Antonio Carlos Zago.

– Venho jogando graças a Deus e era disso que eu estava precisando, acho que todo jogador precisa de ritmo de jogo e quando tive a oportunidade aproveitei da melhor maneira que pude e consegui ajudar. O meu crescimento é graças ao grupo e a comissão técnica que me dão força e me apoiam pra que eu consiga realizar o meu trabalho da melhor maneira possível – completou.