Miller Bolaños raio-x

                       Imagens mostram duas fraturas na mandíbula do equatoriano (Foto: Divulgação/Grêmio)

LANCE!
07/03/2016
20:36
Porto Alegre (RS)

Com autorização de Miller Bolaños, o Grêmio divulgou na noite desta segunda-feira, o resultado do exame de raio-x feito no atacante, que será ausência por cerca de 30 dias após duas fraturas em sua mandíbula terem sido constatadas. É possível visualizar que a mandíbula do equatoriano ficou dividida após a cotovelada de William, lateral-direito do Internacional, durante o Gre-Nal 409 do último domingo. A outra fratura ocorreu no lado direito do rosto do atleta, que será submetido a cirurgia na próxima quarta.

Após a intervenção cirúrgica, Miller se alimentará apenas com líquidos entre duas e três semanas e, no pós-operatório, poderá realizar atividades leves. Segundo Márcio Bolzon, médico do Grêmio, ele tem sido medicado para ter condições de ser operado na quarta.

– Está recebendo medicações para diminuir o edema e ter melhores condições para cirurgia. Previsão que a cirurgia ocorra na quarta-feira. A evolução em termos de dor foi boa, o jogador estava melhor hoje (segunda) pela manhã. E a princípio, não havendo modificação no quadro para pior, que esperamos que não ocorra, a cirurgia fica para quarta. Poderá fazer atividades muito leves no pós-operatório. A previsão de um treinamento é 30 dias depois da cirurgia – disse Bolzon, em entrevista coletiva.

O fato de Miller ter ficado em campo após o lance que resultou nas fraturas, aos três minutos de jogo, foi surpreendente. O equatoriano tinha até o desejo de voltar para a etapa final.

– Difícil entender como ele permaneceu 45 minutos (em campo, após as fraturas). A comunicação com o Bolaños já não é fácil, é um jogador tímido, que fala só espanhol. Rapaz de poucas palavras. Agora, a situação dele é muito dificultada pela gravidade da lesão, a dificuldade de falar, foi recomendado que não falasse.

A cirurgia será realizada no próprio Hospital Mãe de Deus, local em que Miller está internado desde a noite da última segunda e deverá ser realizada pelo médico Marcos Vinicius Colares.