Veja as reações dos torcedores no instagram de Carol Portaluppi

Reprodução

LANCE!
17/11/2016
15:20
Rio de Janeiro (RJ)

O Grêmio já conseguiu efeito suspensivo da perda de mando de campo na final da Copa do Brasil, pena imposta em primeira instância pela 3ª Comissão Disciplinar do STJD por causa da presença de Carol Portaluppi, filha de Renato Gaúcho, no gramado após a classificação diante do Grêmio.

Com a medida tomada pelo auditor Otávio Noronha, a punição fica suspensa até julgamento pelo Pleno do Tribunal, em data ainda a ser definida. Noronha, que mora em Brasília, mas é nascido em Minas Gerais, foi o auditor sorteado para ser o relator do caso em segunda instância.

Com o efeito suspensivo, está praticamente assegurado que o Grêmio jogará a final da Copa do Brasil na Arena, no dia 30, contra o Atlético-MG.

A decisão da Comissão Disciplinar não foi bem digerida nem por auditores do Tribunal. A punição, aplicada com placar 4 a 1, foi vista como exagerada e desnecessária, algo que contribuiu negativamente para a imagem da casa.