RADAR/LANCE!
03/06/2016
14:10
São Paulo (SP)

A Globo é a principal responsável pelas alterações na tabela do Brasileiro de 2016. Segundo um levantamento exposto no "Blog do Rodrigo Mattos”, do “Uol Esportes", dados mostram que a Confederação Brasileira de Futebol realizou 22 mudanças em jogos a pedido da emissora. O número representa 79% das alterações. Ainda, em nove rodadas, foram feitas 28 modificações no cronograma de partidas.

De acordo com o portal e com o diretor da Globo Esporte, Pedro Garcia, não há nenhum tipo de obrigação contratual da CBF de atender aos pedidos da emissora. 

- O que existe é uma negociação. A definição da tabela é feita em conjunto pela CBF e os detentores do direito, no caso TV Globo, SporTV e Premiere.  Infelizmente tivemos que fazer alguns ajustes logo após a divulgação da tabela, mas esse foi um caso de exceção -  afirmou Pedro Garcia, por meio da assessoria.

Muito questionadas por técnicos brasileiros, as mudanças interferem na programação e no calendário dos clubes, no entanto, para o diretor da Globo Esporte, essas alterações estão sendo feitas de forma bastante cautelosa para que não afete de forma significativa o planejamentos dos times. 

- Podemos garantir que existe um cuidado enorme para tentar agradar a maior parte das torcidas e seus respectivos clubes. É um grande quebra-cabeça que a CBF coordena da melhor maneira possível, dentro do princípio da negociação - finalizou.