Roberto Pitio

Roberto Pitio foi o autor do gol do Gama (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
15/05/2016
14:06
Brasília (DF)

A partida no Bezerrão entre Gama e América-RN, na noite deste sábado, pela primeira fase da Copa do Brasil, ficou marcada de forma negativa. A vitória por 1 a 0 do Alviverde, que veio com gol de Roberto Pitio, foi ofuscada por uma briga entre torcedores de ambos os clubes.

Quando os mandantes já estavam na frente do marcador, um incidente lamentável manchou o confronto. Aos 35 minutos da primeira etapa, o jogo precisou ser paralisado devido a uma confusão entre as torcidas dos dois times. Policiais tiveram que conter a briga, inclusive com spray de pimenta, que irritou os olhos dos jogadores e da arbitragem.

André Luiz de Freitas Castro, árbitro da partida, relatou a paralisação - que durou oito minutos - na súmula.

- Informo que paralisei o jogo aos 35 minutos do primeiro tempo em razão de um início de tumulto entre as torcidas, que houve a interferência imediata do policiamento, sob comando do tenente Márcio Gomes do 9º Batalhão, porém, com uso de spray de pimenta, que jogado nos torcedores, foi trazido pelo vento para dentro do campo, causando irritação nos olhos e dificuldade na respiração de atletas e arbitragem. O jogo ficou paralisado por 8 minutos, tendo reiniciado quanto todos os atletas se sentiram em condições de prosseguir na partida. Informo que o princípio de tumulto ocorreu entre as arquibancadas norte e leste de ambas as torcidas - cita o juiz no relatório.

Com a vitória no primeiro jogo, o Gama pode perder por até um gol de diferença – desde que faça gol –, no jogo de volta que avança para a próxima fase da Copa do Brasil. Já o América-RN precisa vencer por dois gols de diferença. Se o Mecão repetir o placar, a decisão irá para os pênaltis. Quem avançar enfrenta o ABC. 

A segunda partida do duelo está marcada para a próxima quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), na Arena das Dunas, em Natal.