LANCE!
26/08/2016
15:03
Rio de Janeiro (RJ)

Que levante a mão o torcedor que nunca viu seu zagueiro falhar. O ano de 2016 está partindo para reta final e a cada dia assistimos mais erros bizarros dos defensores. Nomes como Rafael Vaz, Donatti, ambos do Flamengo, Aislan, do Vasco, Pedro Henrique, do Corinthians, entre outros, foram protagonistas com falhas que ficarão marcados para sempre. E o LANCE! fez uma lista com as maiores bizarrices que rolaram até agora na temporada.

Donatti

O argentino falhou feio na derrota do Flamengo para Figueirense por 4 a 2 na Copa Sul-Americana, quando pisou na bola e deixou Rafael Moura livre para marcar.

Aislan em dose dupla

O zagueiro do Vasco não acumula bons jogos em 2016. Na partida contra o Paraná, o jovem vou isolar a bola e acabou acertando o próprio companheiro da equipe. A bola voltou de bandeja para o adversário que não teve pena e fez.

Outro lance bizarro interpretado pelo defensor aconteceu na derrota do Vasco para o Avaí por 2 a 1, no primeiro turno da Série B. Após cruzamento vindo da direita, a bola bateu nos pés de Aislan, que acabou 'tocando' para o meia Renato Júnior marcar.

Rafael Vaz

As falhas são normais no futebol, mas quando acontecem em clássicos ficam muito piores. E assim aconteceu com Rafael Vaz, do Flamengo. No jogo contra o Fluminense, o defensor recuou a bola de forma bizarra e deixou Richarlison livre para balançar as redes e garantir a vitória tricolor por 2 a 1.

Lucão

No Campeonato Paulista, o zagueiro Lucão também foi protagonista de um erro grave durante o duelo São Paulo e Corinthians. A partida ainda estava em 0 a 0, quando o defensor errou nada menos que duas vezes no mesmo lance. No primeiro, chutou a bola no próprio companheiro e logo depois recuou errado para Denis, resultando no gol de Lucca que chutou para as redes.

Wallace

Hoje no Grêmio, o zagueiro Wallace também está na lista, mas por um erro dos tempos de Flamengo. No jogo contra o Figueirense, pela Primeira Liga, o zagueiro tentou deixar a bola para Paulo Victor, mas nenhum cortou. Resultado, a bola sobrou limpa para o Figueira marcar.

Pedro Henrique

E um dos erros mais doloridos de 2016 aconteceu com o zagueiro Pedro Henrique, do Corinthians. No duelo contra o Galo, o defensor tentou recuar para Cássio, mas a bola saiu fraca e acabou nos pés de Cazares, que driblou o goleiro e fechou a vitória atleticana por 2 a 1.

César Martins

E a medalha de ouro para o lance mais bizarro vai para César Martins, ex-Flamengo. O zagueirão quis dar uma de goleiro e fez uma legítima defesa com a mão no duelo contra o Palmeiras pelo Brasileirão.

Bruno Henrique

Na derrota do Cruzeiro por 3 a 0 para o Atlético-PR, no Mineirão, o veterano cortou muito mal, deixando a bola livre para o Furacão.