Paulo Victor Reis
21/08/2016
12:53
Brasília (DF)

A esperada estreia de Diego pelo Flamengo deixou a torcida rubro-negra satisfeita. Ao lado de Leandro Damião, ele comandou a vitória do time carioca sobre o Grêmio, neste domingo, por 2 a 1, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O Tricolor gaúcho produziu pouco, mas deu trabalho no segundo tempo, quando descontou com Henrique. 

Com o resultado, o Flamengo volta ao G4 e toma o lugar do Grêmio, que caiu para quinto, com um jogo a menos. Agora, o Rubro-Negro seca Corinthians e Santos, que ainda jogam na rodada, para permanecer no grupo dos quatro primeiros.

Os dois times começaram o jogo se estudando, mas o Flamengo demonstrava que faria valer o fator casa, tomando a iniciativa. Melhor na marcação, o Rubro-Negro começou a chegar com perigo em jogadas de linha de fundo. Em uma delas, Pará arriscou um chute por cobertura e acertou o travessão.


O Flamengo seguiu pressionando e esteve próximo de balançar a rede com Rafael Vaz, em um belo voleio após cobrança de escanteio. Sempre perigoso, Leandro Damião mandou para a rede em um golaço de bicicleta, mas o lance foi invalidado, pois o árbitro marcou pênalti pouco antes, em chute de 
Réver que Geromel evitou com a mão. O mesmo Damião foi para a cobrança e deslocou Grohe, deixando o Rubro-Negro em vantagem. O meia Everton ainda teve ótima oportunidade para ampliar, mas chutou em cima do goleiro tricolor nos minutos finais do primeiro tempo.

O Grêmio voltou um pouco melhor no segundo tempo e buscou o jogo pelas pontas. Bolaños teve boa chance para empatar, mas demorou muito e foi desarmado por Pará. Mais desgastado fisicamente, o Flamengo valorizava a posse de bola para 'gastar' o tempo. 

Em uma jogada despretensiosa, Everton perdeu uma bola no meio e cedeu contra-ataque ao Flamengo. Diego armou o ataque e depois foi para a área, onde esperou pacientemente pelo cruzamento e mandou, de cabeça, para o fundo da rede. O gol premiou a vontade do estreante. Mesmo sem ser brilhante, ele teve boa movimentação.

A partida parecia decidida, mas o Grêmio reagiu logo em seguida. Após bate e rebate na área do Flamengo, Henrique desviou para o gol. Apesar do tento, o Imortal não conseguiu chegar ao empate. O Rubro-Negro administrou a vantagem até o fim e conquistou os três pontos.

O Flamengo voltará a campo no meio de semana, quando encara o Figueirense, no Orlando Scarpelli, às 21h45 de quarta, pela Copa Sul-Americana. No mesmo dia, mas às 19h30, o Grêmio enfrenta o Atlético-PR, em Curitiba, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. 

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 2 X 1 GRÊMIO

Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data-hora: 21/08/2016, às 11h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Rogério Zanardo (SP) e Danilo Ricardo Manis (SP)
Cartões Amarelos: Geromel (GRE); Mancuello (FLA)
Público e renda: 22.552 pagantes e R$ 1.421.870,00
Gols: Leandro Damião, 29'/1° T (1-0), Diego, 24'/2°T (2-0) e Henrique, 26'/2°T (2-1)

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Cuéllar e Diego (Mancuello, 34'/2°T); Gabriel (Alan Patrick, 16'/2°T), Everton e Leandro Damião (Felipe Vizeu, 12'/2°T). Técnico: Zé Ricardo.

Grêmio: Marcelo Grohe, Wallace Oliveira (Lincoln, intervalo), Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon, Douglas, Everton (Guilherme, 33'/2°T) e Pedro Rocha; Miller Bolaños (Henrique, 19'/2°T). Técnico: Roger Machado.