Daniel Bortoletto
20/03/2016
17:52
Rio de Janeiro (RJ)

Fla-Flu no charmoso Pacaembu, com 30 mil torcedores presentes, numa bela tarde de sol e calor em São Paulo. Fred de volta no Tricolor. Rubro-Negro com força máxima. Ingredientes de sobra para esperar muito do clássico. Mas faltou um detalhe: o gol.


O placar de 0 a 0 foi frustrante pela expectativa criada para o jogo. Na análise do resultado, menos pior para o Flamengo, que soma agora quatro pontos, dois atrás do Vasco, líder da Taça Guanabara. O Fluminense soma apenas dois.

O gol, aquele detalhe do futebol, segundo Carlos Alberto Parreira, não saiu no Pacaembu mais por falha dos finalizadores do que por mérito dos goleiros. No primeiro tempo, a melhor oportunidade foi do Tricolor. Cícero, um exímio cabeceador, subiu livre, no meio da pequena área, e testou a bola com força. Paulo Victor, apenas olhando, deve ter dado graças a Deus pelo erro.


Pelo lado do Flamengo, Marcelo Cirino apareceu algumas vezes com liberdade às costas de Wellington Silva, lateral-direito improvisado na esquerda. Mas o detalhe que faltou para ele foi outro: acertar a assistência para Guerrero, que se irritou após ver a bola cruzar a área algumas vezes. Quando Cirino acertou o passe, o peruano errou o chute e facilitou o corte da zaga.

Logo na abertura da etapa final, um contra-ataque do Flu poderia ter sido mortal. Gustavo Scarpa, na entrada da área, tinha Fred aberto por um lado e Diego Souza passando pelo outro. Optou pelo chute, defendido sem muita dificuldade por Paulo Victor. Logo depois foi a vez de Emerson Sheik finalizar muito mal após uma saída errada de bola de Gum.

Como pode ser lido, ninguém parecia estar com a mira em dia. Levir Culpi tirou Fred aos 12’. Diego Souza saiu dez minutos depois. Muricy manteve seu trio de ataque até os 30, quando Gabriel substituiu o vaiado Marcelo Cirino. Alan Patrick ainda teve uma uma falta na meia lua da área. Mas ele acertou a barreira. Gol no Fla-Flu, no Pacaembu, apenas nas telas do Museu do Futebol.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 0 FLUMINENSE

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 20/3/2016, às 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Auxiliares: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Michael Correia (RJ)
Público e renda: 28.727 pagantes (30.188 presentes) / R$ 1.374.375,00
Cartões amarelos: Rodinei, Juan (Flamengo); Pierre, Diego Souza, Henrique (Fluminense)
Cartões vermelhos: Não houve

GOL: Não houve

Flamengo: Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar; Willian Arão, Ederson (Alan Patrick, 25'/2T), Marcelo Cirino (Gabriel, 28'/2T), Emerson Sheik e Guerrero - Técnico: Muricy Ramalho.

Fluminense: Diego Cavalieri, Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre e Cícero; Gerson, Diego Souza (Marcos Júnior, 21'/2T) e Gustavo Scarpa (Magno Alves, 40'/2T); Fred (Osvaldo, 12'/2T) - Técnico: Levir Culpi.