Copa do Brasil - Ferroviaria x Salgueiro (foto:divulgação)

Ferroviária abriu vantagem na Copa do Brasil (foto:divulgação)

LANCE!
17/03/2016
21:13
Araraquara (SP)

Uma das sensações do Campeonato Paulista, a Ferroviária se recuperou de duas derrotas seguidas no Estadual na noite desta quarta-feira, pela Copa do Brasil. Após deixar a desejar no primeiro tempo, a Locomotiva mostrou bom futebol na etapa final e derrotou o Salgueiro por 1 a 0, na Fonte Luminosa, pelo jogo de ida da primeira fase da competição.

Thiago Marques foi o autor do gol que deixa o time de Araraquara a um empate de avançar de fase. O jogo da volta será em 6 de março, no Cornélio de Barros. Caso seja derrotado por um gol de diferença mas marque em Pernambuco (2 a 1 em diante), a Ferroviária também se classificará para enfrentar Fluminense ou Tombense. O Carcará do Sertão precisa de um triunfo por dois ou mais gols de diferença para avançar nos 90 minutos. 

PRÓXIMOS JOGOS

Líder do Grupo C do Paulistão com os mesmos 13 pontos do São Paulo, a Ferroviária buscará a reabilitação no Estadual novamente na Fonte Luminosa. O rival será o São Bernardo, no próximo domingo, às 18h30, pela décima rodada da competição.

Já o Salgueiro – vice-líder do Hexagonal Final do Campeonato Pernambucano com os mesmos 13 pontos do líder Náutico e já garantido nas semifinais – terá o Central, como adversário no domingo, às 16h, no Lacerdão. O duelo será válido pela oitava rodada.

NADA DE GOLS NO PRIMEIRO TEMPO

A Ferroviária tentou tomar para si as rédeas do jogo, trocando passes e tentando envolver o Salgueiro, mas não encontrou espaços para levar perigo ao gol de Mondragon. Salgueiro que conseguiu ficar mais com a bola, sendo mais agressivo e pressionando o rival. Faltava, no entanto, qualidade para transformar a posse de bola em finalizações.

O Salgueiro chegou com rela perigo pela primeira vez aos 35, após jogada de Piauí, o de melhor atuação do time no primeiro tempo. O goleiro Rodolfo evitou o pior. No minuto seguinte, Piauí voltaria a dar trabalho para a marcação rival antes de Cássio Ortega concluir mal. A Ferroviária respondeu no último minuto da etapa inicial, com Caíque. Ele finalizou com força, para defesa de Mondragon.

PRESSÃO E GOL DA FERROVIÁRIA

A Ferroviária voltou com outra postura para o segundo tempo. Envolvendo a marcação do Salgueiro, o time da casa conseguiu se impor e foi colecionando chances de gol. Rosseto e Fernando Gabriel levaram perigo em finalizações aos três e quatro minutos, respectivamente. O Salgueiro até tentou responder com Cássio Ortega, mas deixou a desejar no segundo tempo.

Superior em campo, principalmente após as modificações de Sergio Vieira, a Ferroviária chegou ao merecido gol aos 34. Após nova investida de João Paulo, que terminou na trave, Thiago Marques aproveitou o rebote e marcou.  Sem poder de reação e mostrando pouco futebol, o Carcará do Sertão apenas tentou evitar outro gol. Já a Ferroviária quase ampliou com Fernando Gabriel, em cobrança de falta.