RADAR/LANCE!
08/03/2016
16:05
Salvador (BA)

O futebol feminino baiano segue na busca pelo seu desenvolvimento. Desde 2015 em vigor, o “Caravana do Futebol Feminino” , projeto que conta com o apoio de Ednaldo Rodrigues, presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), busca jogadoras no interior baiano, tendo como objetivo difundir a modalidade e formar atletas de alto nível.

Para Rodrigues, uma das grandes lutas dentro do Comitê de Reformas da CBF será justamente potencializar a prática e crescimento do futebol feminino no Brasil.

- Eu acho que o futebol feminino precisa crescer de forma homogênea, com obrigatoriedade de todas as federações organizarem um campeonato estadual decente e organizado. Precisamos colocar no calendário esportivo, dar condições para as mulheres - afirmou.

O aumento de clubes na edição do Campeonato Baiano 2015-2016 – de oito para 16 equipes – é uma prova da maior inclusão idealizada pela federação. A ideia funcionou como os tradicionais drafts que acontecem nos esportes norte-americanos. O processo acontece para buscar atletas com potencial de crescimento para abastecer não só equipes baianas, mas também a Seleção Brasileira de futebol.