RADAR/LANCE
18/06/2016
23:09
Barueri (SP)

Fechando a décima rodada do Brasileirão da Série B, o Oeste recebeu o Vila Nova na Arena Baurueri. Apesar dos cinco jogos de invencibilidade, o time paulista não sabia o que era uma vitória neste período e apostou suas fichas neste jogo. Mas quem levou a melhor foi o Vila Nova do técnico Guilherme Alves. O ex-artilheiro deixou o comando do Novorizontino e esteve à frente do time goiano pela primeira vez. De presente, levou para casa a vitória por 3 a 1.

O jogo


O primeiro tempo não teve muitas emoções, mas mostrou as estratégias bem definidas. O Oeste de Fernando Diniz colocou em prática a filosofia de treinador e abusou do toque de bola. O time da casa alugou o meio campo, teve mais de 70% de posse de bola e tocou quatro vezes mais que o adversário (369 a 87). Contudo, o Vila também obedeceu bem aos comandos do novo treinador e soube anular os anfitriões (principalmente pela laterais ), que não conseguiram finalizar ao gol de forma eficiente.

O segundo tempo começou mais aberto e o Vila deu as caras antes do primeiro minuto com Jean Carlos, carimbando o travessão. Na segunda chance que teve, o meia do Tigre invadiu a área e tocou com categoria para tirar de Felipe Alves e abrir o placar. 1 a 0. Precisando correr atrás da igualdade, o Oeste quase empatou aos 26 minutos. Danielzinho cobrou falta com perigo e tirou tinta da trave. Mas o gol já estava amadurecido. Aos 32, Marcos Vinícius aproveitou o rebote do goleiro Wagner Bueno e completou para o gol vazio. 1 a 1.

Nos dez minutos finais, a partida ainda ganhou novos contornos de emoção. Insatisfeito com o empate, o Oeste foi para cima em busca da virada, mas foi o Vila quem marcou o gol da virada. Aos 35 minutos, Felipe Alves parou o contra-ataque dos goianos, mas o defensor Mazinho deu um presente na saída de bola e Robston recolocou o Vila na frente. Com seis minutos de acréscimos, ainda cabia mais. Mais uma vez, o Oeste foi para cima, se arriscou demais e foi castigado. No apagar das luzes, o goleiro Felipe Alves foi parar no meio-campo. Fabinho roubou a bola e chutou de longe para decretar a vitória já com o gol vazio. 3 a 1 placar final.

Com o resultado, o Vila Nova subiu três posições, ultrapassou o Oeste, e foi aos 13 pontos, no 11º lugar. Um degrau abaixo, o Oeste contabiliza o mesmo número de pontos, mas perde no saldo de gols.