Internacional

                      Rodrigo Dourado em ação diante da Chapecoense (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

LANCE!
19/11/2015
23:08
Chapecó (SC)

A maioria dos jogadores do Internacional não quiseram explicar a derrota para a Chapecoense, na noite desta quinta-feira, logo após o jogo, disputado na Arena Condá. A exceção foi o volante Rodrigo Dourado. Ele pediu foco no time para o Gre-Nal do próximo domingo, o de número 408 da história.

Em um primeiro momento, Dourado, que foi substituído na etapa final por Alisson Farias, lamentou a expulsão de Juan. Expulsão que ele considerou injusta.

– Não era o que a gente esperava. Jogo foi difícil. Arbitragem nos prejudicou. A expulsão do Juan, no meu modo de ver, não foi nada – disse Dourado, antes de completar:

– No lance seguinte, tivemos uma desatenção e tomamos gol. Agora temos que focar no Gre-Nal.

Com 53 pontos na tabela, o Inter desperdiçou a oportunidade de ingressar no G4 do Brasileirão caso os demais resultados fossem favoráveis. Como não fez a sua parte, o Colorado ainda pode ver Santos e São Paulo se distanciarem.

O Gre-Nal 408 do próximo domingo, no Beira-Rio, terá início às 17h. Juan, expulso nesta quinta, é ausência certa. No clássico do primeiro turno, o Grêmio aplicou sonoros 5 a 0 no rival em clássico disputado na Arena.