icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/08/2015
22:55

Em sua Arena, em Porto Alegre, o Grêmio recebeu um Coritiba desfalcado, e com o foco na briga contra o rebaixamento no Brasileirão, e não deu chances ao azar: vitória por 3 a 1 e vaga garantida nas quartas de final da Copa do Brasil. Apesar dos desfalques e da desvantagem que entrou em campo - derrota por 1 a 0 no jogo de ida, o Coxa foi valente e fez uma boa partida.

O Tricolor Gaúcho se juntou aos já classificados Santos, Figueirense, Fluminense, Internacional, São Paulo, Palmeiras e Vasco. Na próxima semana, a CBF realizará sorteio para definir o chaveamento das quartas de final da Copa do Brasil.

O JOGO

O primeiro tempo na Arena do Grêmio teve cara de coletivo durante os primeiros trinta minutos. O Tricolor teve a posse de bola e, mesmo sem muita vontade, encurralava o adversário em seu campo de defesa. Boas trocas de passes levaram o time de Roger Machado criar boas chances, mas Luan, Douglas e Fernandinho pecaram nas finalizações.

O Coritiba, por sua vez, estava bem postado defensivamente. Poupando forças para a briga contra o rebaixamento no Brasileirão, Ney Franco escalou uma equipe mista, que aguardava uma bola para contra-atacar. Ela veio no lançamento de Rafhael Lucas. Thiago Galhardo invadiu a área e finalizou cruzado, mas Marcelo Grohe fez boa defesa. Na sequência, o camisa 1 do Imortal impediu gol de Alan Santos, em novo contra-ataque.

As chances desperdiçadas pelo Coritiba pareceram ter acordado o Grêmio. Aos 37, Douglas cobrou escanteio, Erazo desviou na primeira trave e Pedro Geromel, livre de marcação, marcou para o Grêmio: 1 a 0. Os torcedores do Tricolor na Arena tiveram poucos minutos para comemorar. A resposta do Coxa foi imediata. Marcelo Oliveira saiu jogando errado e Evandro cruzou para Rafhael Lucas. O atacante deu um lençol em Geromel e finalizou, sem chances para Grohe: tudo igual antes do intervalo.


      Grêmio faz o dever de casa e avança na Copa do Brasil (Foto:Ricardo Rimoli/LANCE!Press)

Mais disputado, a partida reiniciou mais tensa. O árbitro Thiago Duarte Peixoto deixou passar algumas entradas mais duras, o que esquentou ainda mais o jogo. Foi então que a qualidade individual fez a diferença. Fernandinho, que estava mal no jogo, deu linda enfiada para Luan. A  joia gremista tocou na saída de Vaná e Douglas, quase em cima da linha, conferiu: Grêmio em vantagem.

Minutos depois do gol, a situação do Coritiba ficou ainda mais complicada. O volante Ícaro deu uma entrada grosseira, mesmo que sem querer, em Giuliano e recebeu corretamente o cartão vermelho. Mesmo com um a menos, o time de Ney Franco ameaçou o gol de Marcelo Grohe, que fez defesas seguras em chutes de Rafhael Lucas e Thiago Lopes. Thiago Galhardo acertou o travessão.

Aos 48, o árbitro marcou pênalti em falta fora da área a favor do Grêmio. O lateral-esquerdo Henrique foi expulso, Luan cobrou com categoria e selou a classificação do Grêmio. 

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 1 CORITIBA

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS).
Data/hora: 27/8/2015 – 21h.
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP).
Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP).
Renda/Público: R$ 565.547,00 / 20.606 pagantes (22.728 presentes).
Cartões amarelos: Luan (GRE); Alan Santos e Evandro (CTB).
Cartões vermelhos: Ícaro e Henrique (CTB).

Gols: Pedro Geromel, 1-0 (37'/1ºT),  Rafhael Lucas, 1-1 (39'/1ºT), Douglas, 2-1 (10'/2ºT) e Luan, 3-1 (49'/2ºt).

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo (William Schuster 31’/2ºT), Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Edinho, Walace, Giuliano (Pedro Rocha 29’/2ºT), Douglas (Maxi Rodríguez 29’/2ºT) e Fernandinho; Luan – Técnico: Roger Machado.

CORITIBA: Vaná, Ivan (Rodrigo Ramos, 27'/2ºT), Juninho (Guilherme Parede, 14’/2º T), Luccas Claro e Henrique; Alan Santos, Misael, Ícaro e Thiago Galhardo; Rafhael Lucas e Evandro (Thiago Lopes, 31'/2ºT) – Técnico: Ney Franco.



Em sua Arena, em Porto Alegre, o Grêmio recebeu um Coritiba desfalcado, e com o foco na briga contra o rebaixamento no Brasileirão, e não deu chances ao azar: vitória por 3 a 1 e vaga garantida nas quartas de final da Copa do Brasil. Apesar dos desfalques e da desvantagem que entrou em campo - derrota por 1 a 0 no jogo de ida, o Coxa foi valente e fez uma boa partida.

O Tricolor Gaúcho se juntou aos já classificados Santos, Figueirense, Fluminense, Internacional, São Paulo, Palmeiras e Vasco. Na próxima semana, a CBF realizará sorteio para definir o chaveamento das quartas de final da Copa do Brasil.

O JOGO

O primeiro tempo na Arena do Grêmio teve cara de coletivo durante os primeiros trinta minutos. O Tricolor teve a posse de bola e, mesmo sem muita vontade, encurralava o adversário em seu campo de defesa. Boas trocas de passes levaram o time de Roger Machado criar boas chances, mas Luan, Douglas e Fernandinho pecaram nas finalizações.

O Coritiba, por sua vez, estava bem postado defensivamente. Poupando forças para a briga contra o rebaixamento no Brasileirão, Ney Franco escalou uma equipe mista, que aguardava uma bola para contra-atacar. Ela veio no lançamento de Rafhael Lucas. Thiago Galhardo invadiu a área e finalizou cruzado, mas Marcelo Grohe fez boa defesa. Na sequência, o camisa 1 do Imortal impediu gol de Alan Santos, em novo contra-ataque.

As chances desperdiçadas pelo Coritiba pareceram ter acordado o Grêmio. Aos 37, Douglas cobrou escanteio, Erazo desviou na primeira trave e Pedro Geromel, livre de marcação, marcou para o Grêmio: 1 a 0. Os torcedores do Tricolor na Arena tiveram poucos minutos para comemorar. A resposta do Coxa foi imediata. Marcelo Oliveira saiu jogando errado e Evandro cruzou para Rafhael Lucas. O atacante deu um lençol em Geromel e finalizou, sem chances para Grohe: tudo igual antes do intervalo.


      Grêmio faz o dever de casa e avança na Copa do Brasil (Foto:Ricardo Rimoli/LANCE!Press)

Mais disputado, a partida reiniciou mais tensa. O árbitro Thiago Duarte Peixoto deixou passar algumas entradas mais duras, o que esquentou ainda mais o jogo. Foi então que a qualidade individual fez a diferença. Fernandinho, que estava mal no jogo, deu linda enfiada para Luan. A  joia gremista tocou na saída de Vaná e Douglas, quase em cima da linha, conferiu: Grêmio em vantagem.

Minutos depois do gol, a situação do Coritiba ficou ainda mais complicada. O volante Ícaro deu uma entrada grosseira, mesmo que sem querer, em Giuliano e recebeu corretamente o cartão vermelho. Mesmo com um a menos, o time de Ney Franco ameaçou o gol de Marcelo Grohe, que fez defesas seguras em chutes de Rafhael Lucas e Thiago Lopes. Thiago Galhardo acertou o travessão.

Aos 48, o árbitro marcou pênalti em falta fora da área a favor do Grêmio. O lateral-esquerdo Henrique foi expulso, Luan cobrou com categoria e selou a classificação do Grêmio. 

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 1 CORITIBA

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS).
Data/hora: 27/8/2015 – 21h.
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP).
Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP).
Renda/Público: R$ 565.547,00 / 20.606 pagantes (22.728 presentes).
Cartões amarelos: Luan (GRE); Alan Santos e Evandro (CTB).
Cartões vermelhos: Ícaro e Henrique (CTB).

Gols: Pedro Geromel, 1-0 (37'/1ºT),  Rafhael Lucas, 1-1 (39'/1ºT), Douglas, 2-1 (10'/2ºT) e Luan, 3-1 (49'/2ºt).

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo (William Schuster 31’/2ºT), Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Edinho, Walace, Giuliano (Pedro Rocha 29’/2ºT), Douglas (Maxi Rodríguez 29’/2ºT) e Fernandinho; Luan – Técnico: Roger Machado.

CORITIBA: Vaná, Ivan (Rodrigo Ramos, 27'/2ºT), Juninho (Guilherme Parede, 14’/2º T), Luccas Claro e Henrique; Alan Santos, Misael, Ícaro e Thiago Galhardo; Rafhael Lucas e Evandro (Thiago Lopes, 31'/2ºT) – Técnico: Ney Franco.