LANCE!
20/12/2016
06:05
Salvador (RJ)

Destaque do Vitória no última Brasileirão, Marinho vem sendo cobiçado por diversos clubes, entre eles Flamengo, Santos e Botafogo, que já fizeram propostas e sondagem pelo jogador. No entanto, a nova diretoria do Leão, eleita na última segunda-feira, promete não facilitar as negociações. Segundo Sinval Vieira, novo diretor de futebol, o atleta só sai com o pagamento da multa rescisória, que é de cinco milhões de euros (aproximadamente R$ 17,5 milhões).

- Tenho dito que o futebol da Bahia não tem ídolos. Marinho é um ídolo. Se depender dele, ele não sai do Vitória. Estive hoje à tarde no Vitória e perguntei se tinha algo oficial. O que tem é muito empresário especulando, dizendo que está falando por um clube. Não sei se é verdade. É normal ter especuladores. Minha opinião, que passei a todos e todos concordam, é que Marinho só sai se pagarem a cláusula. Aí independe da nossa vontade - disse o dirigente.

Silval afirmou que o Vitória não vai aceitar ofertas com uma parte em dinheiro e jogadores envolvidos, como pretendem Flamengo e Santos. No exemplo, ele citou o nome de Marcelo Cirino, atacante do Rubro-Negro carioca.

- Isso de ficar dizendo que vai dar uma parte de dinheiro e Cirino não vai existir, não é minha gente? A gente precisa fazer um grande time. Se temos um grande jogador, por que vamos nos desfazer dele? Por que não brigar para ele ficar? Vamos brigar para ele ficar. A única condição que vejo é se pagarem a cláusula penal e Marinho acertar o contrato. Aí não temos o que fazer. Agora por vontade nossa vender... O Brasil inteiro está ligando, a gestão que está findando não recebeu ofertas. Empresários, amigos, especuladores me ligam perguntando como fazem para tirar Marinho. Eu digo que é simples: paga R$ 18 milhões - completou Sinval.