Renato Bonfíglio XV Piracicaba

Renato Bonfíglio diz que faltou jogadores polêmicos no elenco do XV de Piracicaba (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
16/04/2016
12:55
Piracicaba (SP)

Vice-presidente e também diretor de futebol do XV de Piracicaba, Renato Bonfíglio deu uma declaração polêmica para explicar o rebaixamento do time no Campeonato Paulista. Segundo ele, a má campanha na competição pode ser creditada a muita amizade no grupo, atletas religiosos e a falta de jogadores polêmicos.

Bonfíglio até lamentou não ter contratado o meia Rodrigo Andrade, ex-Audax e atualmente na Chapecoense. O cartola relembrou que a passagem do jogador pelo Nhô Quim, entre 2012 e 2013, foi polêmica, já que o atleta marcava presença na noite de piracicabana.

- Talvez o problema do XV tenha sido esse: não trazer uns dois ou três "p... loucas". Tinha muita amizade no elenco e grupinho de igreja. Jogador tem que ir pra putaria. Talvez precisasse de um jogador como o Diguinho (Rodrigo Andrade) no elenco deste ano. E ele quase veio, mas é que o Audax cobriu a oferta – disse o cartola à Rádio Difusora de Piracicaba.

Renato Bonfíglio voltou a polemizar e tirou a culpa da diretoria no descendo para a Série A2 do estadual. Segundo ele, esse foi melhor elenco já montado nos últimos anos. Ele ainda citou os pênaltis perdidos por Fabinho (contra o Botafogo-SP) e Rivaldinho (frente ao Oeste) determinantes para o fracasso. Nos dois jogos o XV ficou no empate de 1 a 1.

- Não me arrependo de nada que eu fiz. Foi, com certeza, o melhor time já montado pela diretoria. Mas não fui eu que perdi os dois pênaltis. Se tivessem marcado, a gente não seria rebaixado. Os gols que perdemos aqui (no Barão) também foram determinantes. Futebol é desse jeito, bola para frente. O XV não vai morrer por conta disso. Vamos recuperar para colocar o XV novamente na elite no ano que – disse o dirigente.