Corinthians x Coritiba (Foto: Ale Cabral/Lancepress!)

Jogadores do coxa reclamam com a arbitragem em jogo contra o Corinthians (Foto: Ale Cabral/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
10/11/2015
17:47
São Paulo (SP)


Coritiba e Corinthians fizeram o duelo pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste último sábado, em Itaquera (SP). O time visitante saiu derrotado pelo placar de dois a um e viu a possibilidade de sair da zona de rebaixamento ficar ainda mais distante.

O diretor de futebol do Coxa, Valdir Barbosa, reclamou da arbitragem do jogo contra o Timão, e disse que, nos momentos de dúvida, o Coritiba sempre sai prejudicado.

- Eu já perdi a paciência, são erros absurdos e a dúvida é sempre contra o Coritiba. Quando existe um lance de interpretação a favor do Coritiba, nunca é interpretada a nossa favor. O exemplo é o toque de mão do Edílson que a bola ia para o Kleber e o juiz mandou seguir - disse o diretor à Rádio Banda B (Curitiba/PR)

A indignação foi reflexo da da decisão do árbitro Dewson da Silva em assinalar penalidade máxima, quando Edílson caiu na área do Coritiba. Na ocasião, o lance significou o primeiro gol da equipe corintiana.

Outro momento reclamado pelos curitibanos foi a jogada em que Henrique Almeida foi derrubado por Cássio dentro da área e a arbitragem observou impedimento do jogador do Coritiba.


O treinador, que foi confirmado no comando do Coxa até o final desta temporada, não quis comentar sobre o assunto, mas lamentou a derrota do time

- O lance do impedimento, não cheguei a ver, mas houve o comentário que não estava. É uma situação que acontece, mas são lances que decidem”, declarou, em entrevista coletiva ainda na Arena Corinthians.

O próximo confronto do Coritiba será na próxima quarta-feira, contra o Goiás, às 19h30, no Serra Dourada (GO). 

Sobre a partida, Pachequinho sabe das difilcudades, mas busca fazer um bom jogo.

- Nós vamos mais uma vez mobilizar o grupo, para que possamos fazer um bom jogo e buscar os pontos contra o Goiás. Sabemos da dificuldade que é jogar lá, o Serra Dourada é um campo de grandes dimensões, então temos que estar prontos para saber encarar os obstáculos - contou Pachequinho ao Portal do Coritiba.