RADAR/LANCE!
22/12/2016
11:13
Chapecó (SC)

Novo diretor executivo da Chapecoense, Rui Costa revelou que o clube pretende contar com Jackson Follmann, um dos seis sobreviventes do desastre aéreo em Medellín, em algum cargo no Verdão do Oeste.

Direto de Assunção (PAR), onde estava por conta do sorteio da Libertadores, o cartola confirmou que o goleiro irá trabalhar na Chape, "não por algum tipo de de concessão, mas pela inteligência dele".

- Digo com muita satisfação que tenho certeza que ele vai trabalhar conosco. Não sei em que momento, em que circunstância. Mas no que depender de mim e dos meus colegas, ele vai estar com a gente em algum lugar. Não por algum tipo de de concessão, mas pela inteligência dele. Pelo que representa para nós. Mas a primeira questão é ele se recuperar fisicamente e emocionalmente - disse Rui Costa, que trabalhou com Follmann nos tempos de ambos no Grêmio. 

- Teria muito orgulho e muita honra de trabalhar de novo com ele. Queremos muito ter essas pessoas perto da gente. É fundamental que eles voltem para a rotina do clube. Por tudo que a presença física e emocional deles nós dá - concluiu.

Aos 24 anos, Follmann é o único sobrevivente que segue internado. Ele, que já amputou parte da perna esquerda, passou por nova cirurgia esta semana e ainda ficará mais alguns dias em um hospital em Chapecó.