Rogerio Hamam, Rubens Lopes e Otávio Leite na Ferj (Foto: Igor Siqueira)

Rogerio Hamam, Rubens Lopes e Otávio Leite na Ferj (Foto: Igor Siqueira)

Igor Siqueira 
24/11/2015
10:58
Rio de Janeiro (RJ)

O deputado federal Otávio Leite (PSDB-RJ), relator do Profut, esteve nesta terça-feira na Ferj - onde o secretário nacional de futebol do Ministério do Esporte, Rogerio Hamam, deu uma palestra - e aproveitou a oportunidade para fazer uma campanha em prol da prorrogação do prazo de adesão ao programa de refinanciamento da dívida dos clubes com a União. O limite para adesão é a próxima segunda-feira, dia 30, mas o movimento dos clubes é considerado baixo.

- Temos um prazo que é dia 30. Eu estou profundamente preocupado pela carência de tempo para que todos organizem as finanças e administrativamente para requerer o parcelamento. Essa oportunidade não pode ser perdida e a ideia de prorrogar é justa – disse Otávio Leite, que entende ser possível esticar para mais um ano o prazo de adesão:

- Três meses foi um tempo curto.

Otávio ainda acrescentou que seria de grande valia política se a Ferj e os clubes do Rio se unissem para criar uma carta a ser entregue ao governo.

- Se o Rio de Janeiro pudesse tirar um documento oficial e encaminhar ao governo, teríamos mais condições políticas para obter o parcelamento e a dilatação do prazo – completou o parlamentar.

O governo, no entanto, não é simpático à prorrogação e, inclusive, planeja executar as dívidas daqueles que ficarem fora do Profut.