Del Nero (Foto: Divulgação)

Del Nero se afastou por motivos pessoais, informou o comunicado da CBF  (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
07/01/2016
14:55
Rio de Janeiro (RJ)

Durou pouco mais de 24 horas o retorno de Marco Polo Del Nero à presidência da CBF. No início da tarde desta quinta-feira o mandatário anunciou, através de um comunicado oficial da entidade, que se afastará novamente das funções pelos próximos 150 dias.

Del Nero informou ainda que a medida é de cunho pessoal. Com isso, ele indicou o vice-presidente Coronel Nunes, que foi eleito para a função no fim do ano passado, para ocupar o posto neste período. A ação é vista como manobra pela oposição, que é encabeçada por Delfim Peixoto, presidente da Federação Catarinense de Futebol,  para que ele chegasse ao poder. O dirigente, que tem 75 anos, era o vice mais velho antes da eleição ocorrida em dezembro passado.


Com a posse de Coronel Nunes chega a quatro o número de presidentes na CBF nos últimos nove meses. Além dele e de Del Nero, José Maria Marin e Marcus Vicente estiveram no posto. O número iguala o número de mandatários que a entidade teve nos últimos 35 anos.