icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
26/08/2015
10:07

A situação do Vasco no Campeonato Brasileiro parece não influenciar quando o assunto é Flamengo. A vitória no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil por 1 a 0, a terceira seguida na atual temporada, é apenas um dos motivos para a torcida confiar na classificação para as quartas de final.

No últimos dez mata-matas que o Vasco disputou, incluíndo Carioca e Copa do Brasil, o Cruz-Maltino levou vantagem em oito delas. Além disso, como mandante em 2015, sofreu apenas tres gols em cinco jogos (média de 0,6) e não foi derrotado. Em duas delas, contra o Rubro-Negro, não sofreu gols e eliminou o rival da Copa do Brasil. Abaixo você confere esta relação.

AMÉRICA-RN (TERCEIRA FASE DA COPA DO BRASIL)


Cruz-Maltino venceu os dois jogos diante do América-RN (Foto: Olimpio Neto/Eleven)

Antes do Flamengo, o Vasco encarou o América-RN pela terceira fase da Copa do Brasil. Ainda dirigido por Celso Roth, o Gigante da Colina superou o adversário sem grandes problemas.

No Rio de Janeiro, o Cruz-Maltino venceu por 3 a 1 e levou boa vantagem para Natal. Na volta, com duas falhas grotescas do goleiro Bussato, novo triunfo, desta vez por 3 a 2.

CUIABÁ (SEGUNDA FASE DA COPA DO BRASIL)

Contra o adversário do Mato Grosso o Vasco teve dificuldades. E na realidade a classificação veio, literalmente, no lance do jogo de ida. O zagueiro Rodrigo, de falta, garantiu o empate em 1 a 1. No Rio de Janeiro, em um jogo muito ruim, o Cruz-Maltino empatou sem gols e conseguiu a vaga por conta do gol marcado fora de casa.

BOTAFOGO (FINAL CARIOCA)


Após 12 anos, o Vasco voltou a vencer o Carioca (Foto: Wagner Meier/ LANCE!Press)

Ainda longe do pesadelo que estava por vir no Brasileiro, o Vasco conseguiu o reultado mais expressivo nos últimos mata-matas. Com duas vitórias sobre o Botafogo ( 1 a 0 e 2 a 1) o Cruz-Maltino quebrou o jejum de 12 anos sem conquistar o Carioca.

FLAMENGO (SEMIFINAL CARIOCA)


Gilberto garantiu o Vasco na decisão (Foto:Alexandre Loureiro)

Na semifinal do Carioca, o Flamengo foi o adversário. E os números jogavam contra: eram três anos sem vencer o rival e em 2015 já se contabilizava mais duas derrotas para conta. Contudo, o Vasco deu a volta por cima. Após o empate sem gols no primeiro jogo, o Cruz-Maltino superou o rival com o gol de pênalti marcado por Gilberto.

RIO BRANCO-AC (PRIMEIRA FASE COPA DO BRASIL)

Na estreia na Copa do Brasil, o Vasco teve pela frente o Rio Branco, do Acre. O Cruz-Maltino venceu os dois jogos, mas poderia ter tido uma vida mais fácil. No primeiro, vencia por 2 a 0 quando levou um gol já na reta final do segundo tempo. Na volta, o Rio Branco-AC chegou a empater em 2 a 2. Um novo gol acreano poderia provocar uma zebra histórica. Contudo, o Gigante da Colina fez sua parte.

ABC (OITAVAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL-2014)

Vasco e ABC se enfrentaram em quatro oportunidades em 2014. Duas delas pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Nelas, o Cruz-Maltino acabou ficando pelo caminho. No jogo de ida, no Rio de Janeiro, empate em 1 a 1. Na volta, em Natal, o ABC venceu por 2 a 1 e seguiu na competição.

PONTE PRETA (TERCEIRA FASE DA COPA DO BRASIL-2014)

Duas vitórias. Esse foi o saldo do confronto contra a Ponte Preta. O primeiro jogo, em Campinas, foi fundamental para o Vasco conquistar a vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil. Com gols de Diego Renan e Thalles, vitória por 2 a 0. Na volta, no Rio de Janeiro, novo triunfo: 2 a 1.

TREZE (SEGUNDA FASE DA COPA DO BRASIL-2014)

Novamente o primeiro jogo foi fundamental para uma classificação do Vasco em fase mata-mata. Na Paraíba, triunfo por 2 a 1 e vantagem considerável para a volta em São Januário.

No entanto, mesmo jogando em casa, o Vasco passou sufoco e empatou em 1 a 1.

RESENDE (PRIMEIRA FASE DA COPA DO BRASIL-2014)

Na primeira fase da Copa do Brasil em 2014, um encontro com o Resende, que aconteceu durante a disputa da final do Campeonato Carioca daquele ano. Após empate sem gols em partida realizada em Manaus, o Vasco percisou de um gol de pênalti na volta para confirmar a vaga: 1 a 0.

FLAMENGO (FINAL DO CARIOCA-2014)


Flamengo, com melhor campanha, levou o título com dois empates (Foto:Paulo Sérgio/LANCE!Press)

 O último jogo da relação é o que mais dá lembrança amarga para a torcida cruz-maltina. Em dois jogos disputados, o Vasco chegou nos minutos finais da decisão com o título nas mãos. Contudo, um gol de Márcio Araújo, em posição irregular, empatou. Os dois resultados de 1 a 1 dos dois confrontos deram o título ao Rubro-Negro, dono da melhor campanha na competição.

 

A situação do Vasco no Campeonato Brasileiro parece não influenciar quando o assunto é Flamengo. A vitória no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil por 1 a 0, a terceira seguida na atual temporada, é apenas um dos motivos para a torcida confiar na classificação para as quartas de final.

No últimos dez mata-matas que o Vasco disputou, incluíndo Carioca e Copa do Brasil, o Cruz-Maltino levou vantagem em oito delas. Além disso, como mandante em 2015, sofreu apenas tres gols em cinco jogos (média de 0,6) e não foi derrotado. Em duas delas, contra o Rubro-Negro, não sofreu gols e eliminou o rival da Copa do Brasil. Abaixo você confere esta relação.

AMÉRICA-RN (TERCEIRA FASE DA COPA DO BRASIL)


Cruz-Maltino venceu os dois jogos diante do América-RN (Foto: Olimpio Neto/Eleven)

Antes do Flamengo, o Vasco encarou o América-RN pela terceira fase da Copa do Brasil. Ainda dirigido por Celso Roth, o Gigante da Colina superou o adversário sem grandes problemas.

No Rio de Janeiro, o Cruz-Maltino venceu por 3 a 1 e levou boa vantagem para Natal. Na volta, com duas falhas grotescas do goleiro Bussato, novo triunfo, desta vez por 3 a 2.

CUIABÁ (SEGUNDA FASE DA COPA DO BRASIL)

Contra o adversário do Mato Grosso o Vasco teve dificuldades. E na realidade a classificação veio, literalmente, no lance do jogo de ida. O zagueiro Rodrigo, de falta, garantiu o empate em 1 a 1. No Rio de Janeiro, em um jogo muito ruim, o Cruz-Maltino empatou sem gols e conseguiu a vaga por conta do gol marcado fora de casa.

BOTAFOGO (FINAL CARIOCA)


Após 12 anos, o Vasco voltou a vencer o Carioca (Foto: Wagner Meier/ LANCE!Press)

Ainda longe do pesadelo que estava por vir no Brasileiro, o Vasco conseguiu o reultado mais expressivo nos últimos mata-matas. Com duas vitórias sobre o Botafogo ( 1 a 0 e 2 a 1) o Cruz-Maltino quebrou o jejum de 12 anos sem conquistar o Carioca.

FLAMENGO (SEMIFINAL CARIOCA)


Gilberto garantiu o Vasco na decisão (Foto:Alexandre Loureiro)

Na semifinal do Carioca, o Flamengo foi o adversário. E os números jogavam contra: eram três anos sem vencer o rival e em 2015 já se contabilizava mais duas derrotas para conta. Contudo, o Vasco deu a volta por cima. Após o empate sem gols no primeiro jogo, o Cruz-Maltino superou o rival com o gol de pênalti marcado por Gilberto.

RIO BRANCO-AC (PRIMEIRA FASE COPA DO BRASIL)

Na estreia na Copa do Brasil, o Vasco teve pela frente o Rio Branco, do Acre. O Cruz-Maltino venceu os dois jogos, mas poderia ter tido uma vida mais fácil. No primeiro, vencia por 2 a 0 quando levou um gol já na reta final do segundo tempo. Na volta, o Rio Branco-AC chegou a empater em 2 a 2. Um novo gol acreano poderia provocar uma zebra histórica. Contudo, o Gigante da Colina fez sua parte.

ABC (OITAVAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL-2014)

Vasco e ABC se enfrentaram em quatro oportunidades em 2014. Duas delas pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Nelas, o Cruz-Maltino acabou ficando pelo caminho. No jogo de ida, no Rio de Janeiro, empate em 1 a 1. Na volta, em Natal, o ABC venceu por 2 a 1 e seguiu na competição.

PONTE PRETA (TERCEIRA FASE DA COPA DO BRASIL-2014)

Duas vitórias. Esse foi o saldo do confronto contra a Ponte Preta. O primeiro jogo, em Campinas, foi fundamental para o Vasco conquistar a vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil. Com gols de Diego Renan e Thalles, vitória por 2 a 0. Na volta, no Rio de Janeiro, novo triunfo: 2 a 1.

TREZE (SEGUNDA FASE DA COPA DO BRASIL-2014)

Novamente o primeiro jogo foi fundamental para uma classificação do Vasco em fase mata-mata. Na Paraíba, triunfo por 2 a 1 e vantagem considerável para a volta em São Januário.

No entanto, mesmo jogando em casa, o Vasco passou sufoco e empatou em 1 a 1.

RESENDE (PRIMEIRA FASE DA COPA DO BRASIL-2014)

Na primeira fase da Copa do Brasil em 2014, um encontro com o Resende, que aconteceu durante a disputa da final do Campeonato Carioca daquele ano. Após empate sem gols em partida realizada em Manaus, o Vasco percisou de um gol de pênalti na volta para confirmar a vaga: 1 a 0.

FLAMENGO (FINAL DO CARIOCA-2014)


Flamengo, com melhor campanha, levou o título com dois empates (Foto:Paulo Sérgio/LANCE!Press)

 O último jogo da relação é o que mais dá lembrança amarga para a torcida cruz-maltina. Em dois jogos disputados, o Vasco chegou nos minutos finais da decisão com o título nas mãos. Contudo, um gol de Márcio Araújo, em posição irregular, empatou. Os dois resultados de 1 a 1 dos dois confrontos deram o título ao Rubro-Negro, dono da melhor campanha na competição.