Roberto Dinamite vai ao velório de Carlos Alberto Torres (Foto: Igor Siqueira)

Roberto Dinamite vai ao velório de Carlos Alberto Torres (Foto: Igor Siqueira)

Igor Siqueira
25/10/2016
23:03
Rio de Janeiro (RJ)

O corpo de Carlos Alberto Torres começou a ser velado na noite desta terça-feira, na sede da CBF, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Familiares e amigos vieram prestar as homenagens ao Capita, que faleceu pela manhã após um infarto fulminante.

O corpo foi colocado no auditório da CBF e o caixão foi coberto por uma bandeira do Brasil.

Dirigentes, ex-jogadores e outras figuras do mundo da bola apareceram no auditório da sede José Maria Marin. Nomes como Bebeto, Ricardo Rocha, Roberto Dinamite, Brito, Leandro Ávila, Petkovic, Edinho, Mauro Galvão representaram a categoria de ex-craques. 

- É lamentável, mas é a vida. Ele vai ficar descansando e nós vamos lembrar desse grande atleta - disse Dinamite.

- Vamos sentir muita falta. Ele levantou o maior título, que foi o de 1970 - comentou Mauro Galvão.

Entre os cartolas, Fred Luz e Rodrigo Caetano, do Flamengo, Rubens Lopes, presidente da Ferj, e Antônio Carlos Mantuano, ex-dirigente do Botafogo compareceram para prestar homenagem.

- Tenho pouco a falar e muito a sentir neste momento - disse Rubens Lopes.

Dirigentes da CBF também permaneceram após o expediente aguardando o corpo, que chegou às 21h33. 

Às 6h a CBF reabre para continuação do velório, desta vez aberto ao público. O enterro será às 11h no Cemitério de Irajá.