Kleber Gladiador

Kleber deve ser um dos titulares do Coxa na estreia diante do Cascavel, pelo Campeonato Paranaense 2016 (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
29/01/2016
16:18
Curitiba (PR)

O início dos Campeonatos Estaduais está muito próximo. Neste final de semana, Coritiba e Atlético Paranaense estreiam na competição em busca de acabar com a curta sequência em que clubes do interior do Paraná levaram a melhor. O Londrina levantou a taça em 2014 e, no ano passado, o Operário Ferroviário, de Ponta Grossa, levou o título para casa.

Antes disso, o Coritiba dominou a competição e neste sábado faz sua estreia na edição de 2016, diante do Cascavel, às 19h30, no Couto Pereira. A equipe liderada por Gilson Kleina retornou para Curitiba depois de iniciar o ano empatando, sem gols, com o Internacional, na primeira rodada da Copa Sul-Minas-Rio, na última quarta-feira.

Já o Atlético, começou o ano com a vitória por 1 a 0, sobre o Fluminense, também na quarta-feira, pela Primeira Liga. O Furacão, no entanto, estreia no domingo, diante do Operário, atual campeão paranaense. A partida acontecerá às 17h, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. O Atlético, foi o time que mais se reforçou neste ano, trazendo ao todo sete jogadores. O treinador, Cristóvão Borges, já deixou claro sua intenção de utilizar a equipe principal nesta edição do campeonato e começar com força total no torneio que o Rubro-Negro venceu pela última vez em 2009.

Além das partidas da dupla ''Atletiba'', mais quatro jogos completam a primeira rodada do Paranaense. No domingo, às 17h, o Toledo enfrenta o Foz do Iguaçu, no Estádio 14 de Dezembro, o Londrina encara o PSTC, no Estádio do Café, e o Maringá recebe o Rio Branco, no Willie Davids, todos no mesmo horário. Por fim, também no domingo, mas, às 19h30, o Paraná joga contra o JMalucelli, no Durival Britto, ou na Vila Capanema, como é popularmente conhecida a casa do Paraná Clube.

Coritiba:

O primeiro reforço do Coxa para a temporada foi a contratação de Gilson Kleina. A filosofia do treinador nascido em Curitiba é preservar a base que disputou o último Campeonato Brasileiro e, por isso, o clube não trouxe muitos atletas para compor o elenco alviverde em 2016. As contratações, pontuais, como afirmou Kleina em muitas oportunidades foram os atacantes Vinícius, vindo Palmeiras e Leandro, ex-Santos, o meio-campista Amaral, também vindo do Palmeiras, o goleiro Elisson e o lateral Ceará, ambos vindos do Cruzeiro. Dentre os que saíram estão Keirrison, Vaná, Raphael Lucas, Ivan, Misael, Thiago Galhardo, Marcos Aurélio, Paulinho, Lúcio Flávio, Hélder, Rosinei e Fabrício Baiano.

Para Kleina a evolução apresentada nas última rodadas do Campeonato Brasileiro da temporada passada foi um aspecto bastante positivo e o treinador do coxa quer repetir as boas atuações nesta temporada, principalmente, dentro de casa.

- Temos que ter na cabeça que vamos evoluir. Com o apoio do torcedor, vamos ser uma equipe competente, segura e principalmente inteligente dentro de casa - destacou Kleina em entrevista coletiva no Beira-Rio.

Time Base: Wilson, Ceará, Walisson, Juninho, Carlinhos, A Santos, J Paulo, Juan, T Lopes, Negueba e Kléber . Técnico: Gilson Kleina.

tlético-PR
O Atlético foi o clube que mais contratou entre os Paranaenses. Ao todo são oito reforços, sendo cinco para o setor defensivo. O zagueiro Paulo André e o lateral Pará vieram do Cruzeiro. Além deles, vieram ainda o zagueiro Igor Silva, Thiago Heleno e Léo, este último do vindo do Flamengo. Para o setor ofensivo chegaram os atacantes Lucas Tocantins, André Lima, Anderson Lopes e meia Vinícius. O Furacão contará também com a permanência de Walter, artilheiro da última temporada do Campeonato Brasileiro.

Para Cristóvão o momento é de formar um elenco que possa ser a base em todas as competições. Só assim, ele acredita que sua equipe atingirá o mesmo nível de atuações e conseguirá obter regularidade ao longo da temporada.

- Como conseguimos montar um elenco que existe mesmo nível em todas as posições, em necessidade de troca, conseguimos manter um nível de atuação. Isso tem nos agradado muito porque sabemos que é dessa forma que podemos fazer uma grande campanha e ter êxito na temporada. A princípio, devo manter a equipe, a não ser que aconteça alguma coisa - afirmou Cristóvão Borges.

Time base: Weverton, Léo, Vilches, Paulo Andre, Roberto, Otávio, Deivid, Vinícius, Marcos guilherme, Anderson Lopes, André Lima/Crysan. Técnico: Cristóvão Borges.