Bruno Cassucci
15/05/2016
18:04
São Paulo (SP)

Estilos de jogo semelhantes, técnicos da mesma "escola", até eliminações em fases iguais nos estaduais e na Libertadores em 2016. Corinthians e Grêmio são tão parecidos que não era possível esperar outra coisa que não equilíbrio no duelo entre eles. Foi isso que se viu neste domingo, na Arena do Timão, quando gaúchos e paulistas empataram sem gols na estreia do Brasileirão. Veja a repercussão da partida nos vestiários.


As equipes criaram boas chances, mas pecaram nas finalizações e pararam em boas defesas de Walter e principalmente Marcelo Grohe, que conseguiu um importante feito: o goleiro tricolor conseguiu sair da Arena sem ser vazado, algo que um adversário do Timão não conseguia desde maio de 2015 (vitória do Palmeiras por 2 a 0, pelo Brasileirão). Nos últimos 32 duelos em casa o Corinthians havia feito gols.

O equilíbrio marcou a partida desde o início. Por jogar em casa, apoiado por mais de 30 mil pessoas, o Timão tomava mais iniciativa e tentava propor o jogo, mas nem por isso os gaúchos ficavam atrás. Aproveitando a velocidade de seus homens da frente, sobretudo Bolaños, o Tricolor apostava nos contra-ataques e jogadas em velocidade pelos lados.

Os esquemas táticos de Tite e Roger diferiram, mas a ideia de jogo foi quase a mesma: atuar com a bola no chão, de forma leal, buscar tabelas e apertar a marcação a partir da intermediária.

Os donos da casa criavam lance de perigo, e os visitantes respondiam. Se Marcelo Grohe salvava o Grêmio em chute de Romero, do outro lado Walter evitava que Bobô marcasse. As semelhanças apareciam até nos defeitos, sobretudo nas finalizações. Ambos os times tiveram chance de balançar as redes, mas pecaram na hora de decidir.

Com o passar do tempo, o Grêmio foi se acomodando com o empate, enquanto o Corinthians aumentou a pressão. Tite mandou a campo Giovanni Augusto, Guilherme e Luciano, abafou o adversário nos minutos finais, mas não conseguiu furar a defesa tricolor e acumulou o terceiro empate seguido em Itaquera (antes ficou no 2 a 2 contra Osasco Audax e Nacional).

Na próxima rodada, domingo, o Timão encara o Vitória, no Barradão. Já o Grêmio recebe o Flamengo, na Arena.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 0 GRÊMIO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 15/5/2016 - 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO-Fifa)
Auxiliares: Alessandro A Rocha de Matos (BA-Fifa) e Guilherme Dias Camilo (MG-Fifa).
Público-Renda: 31.553 pagantes/ R$ 1.627.511,00
Cartões amarelos: Balbuena (COR), Bobô, Edinho, Marcelo Grohe e Henrique Almeida (GRE)

CORINTHIANS: Walter, Fagner, Felipe, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel, Elias, Rodriguinho (Guilherme 14' 2ºT) e Romero (Giovanni Augusto 15' 2ºT); André (Luciano 32' 2ºT). Técnico: Tite.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Ramiro, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon e Giuliano; Luan (Everton 18' 2ºT), Bobô (Henrique Almeida 32' 2ºT) e Bolaños (Edinho 37' 2ºT). Técnico: Roger Machado