David Nascimento
08/02/2018
19:13
Rio de Janeiro (RJ)

Na primeira semifinal da Taça Guanabara, disputada na tarde desta quinta-feira, no Nilton Santos, deu Boavista. Em campo, o jogo contra o Bangu terminou empatado em 2 a 2, mas o time de Saquarema tinha a vantagem do empate para se classificar à final do turno do Carioca. O encontro teve uma nota triste, com briga entre membros das equipes no intervalo.

PRESSÃO ATÉ FAZER
O Boavista dominou o primeiro tempo desde o minuto inicial. A pressão foi grande dos jogadores de Saquarema sobre o Bangu na busca do gol. Aos dois, Geladeira acertou o travessão. aos 16 Kadu Fernandes perdeu uma chance clara, mas aos 34, Fellype Gabriel aproveitou linda jogada de Lucas para estufar as redes e colocar o Boavista na frente.

FELLYPE DE NOVO
Aos 40, Fellype Gabriel cobrou escanteio para o Boavista, mas Guilherme, do Bangu, dentro da grande área, cortou a bola com o braço e o árbitro assinalou pênalti. No minuto seguinte, o próprio Fellype foi para a cobrança da penalidade e converteu, ampliando para o Boavista, 2 a 0.

CENAS LAMENTÁVEIS
Na saída para o intervalo, na boca do túnel, a nota triste da partida aconteceu. Membros do Boavista brigaram contra membros do Bangu, em uma confusão lamentável que durou cerca de dois minutos. Isso em pleno 2018 é inadmissível... Assista no vídeo abaixo.

BANGU ACORDA
Diferente do primeiro tempo, o Bangu foi melhor na segunda etapa. A equipe de Moça Bonita sabia que precisava se arriscar, já que a vantagem do empate era do adversário. Aos 13, acordou. Anderson Lessa fez bonita jogada e mandou na cabeça de Nilson para diminuir, 2 a 1.

TEMOS UM JOGO!
Com a torcida do Bangu gritando “eu acredito”, os jogadores em campo se motivaram. E a equipe chegou ao empate aos 27 com Almir aproveitando cruzamento de Valdir. Tudo igual no placar com o Boavista, colocando emoção no Nilton Santos.

EMOÇÃO ATÉ O FIM
Até o minuto final, o Bangu chegou com perigo, mas parava na defesa do Boavista. Emoção até o fim na semifinal entre os pequenos na Taça Guanabara. Agora, o Boavista espera o vencedor de Flamengo e Botafogo, na outra semifinal a ser disputada neste sábado, pelo rival na decisão.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA 2 X 2 BANGU


BOAVISTA: Rafael; Thiaguinho, Gustavo, Kadu Fernandes e Júlio César; Douglas Pedroso e Willian; Lucas (Thiago Silva 18'/2'T), Fellype Gabriel (Vitor Faísca 28'/2T) e Claudio Maradona; Leandrão (Caio Cézar 20'/1T). T: Eduardo Allax.

BANGU: Célio Gabriel; Valdir, Anderson Penna, Oliveira e Guilherme (Leonardo Jesus 24'/2T); Magno e Éverton Sena (Éberson 11'/2T); Marcos Jr, Almir e Rodney (Anderson Lessa 39'/1T); Nílson. T: Alfredo Sampaio.

ÁRBITRO: Pathrice Wallace Correa Maia (RJ) 6,0
GOLS: 34’ 1ºT Fellype Gabriel (1-0) ; 41’ 1ºT Fellype Gabriel (2-0) ; 13’ 2ºT Nilson (2-1) e 27’ 2ºT Almir (2-2)
PÚBLICO/RENDA: 2.145 pagantes/R$ 24.510,00
CARTÕES AMARELOS: Douglas Pedroso, Cláudio Maradona (BOA); Oliveira, Magno, Valdir (BAN)
LOCAL: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)