Reunião Sul-Minas-Rio

Clubes da Liga Sul-Minas-Rio estariam ameaçando não jogar Brasileiro (Foto: NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.)

RADAR/LANCE!
20/01/2016
10:23
Rio de Janeiro (RJ)

Alguns clubes da Primeira Liga podem tomar uma atitude drástica em solidariedade a Flamengo e Fluminense, que estão sendo ameaçados de punição pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) caso participem da competição. Segundo informações do portal “Terra”, Grêmio, Internacional, Cruzeiro, Atlético-MG, Coritiba, Atlético-PR, entre outros, se dizem prontos a não disputar o Campeonato Brasileiro caso os times cariocas sejam punidos de alguma forma.

Os representantes de todos os clubes da Primeira Liga se reuniram na última terça-feira, no Rio de Janeiro, e garantiram que a competição vai acontecer este ano. No comunicado divulgado após o encontro, foi divulgado que o torneio começa no próximo dia 27.

A presidente da Ferj, Rubens Lopes, disse que está aberto ao diálogo com Flamengo e Fluminense. Ele diz que só permitirá a participação da dupla se aceitarem algumas imposições.

A situação deve ser amenizada ainda nesta semana. O presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, que também é mandatário da Liga, deve se reunir com Rubens Lopes para aparar as arestas e resolver a questão. O encontro não contará com representantes de Fla e Flu.

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., disse ao sair da reunião que os clubes estão unidos e garantiu a Primeira Liga com a participação de Flamengo e Fluminense. Ele não acredita que os clubes sofrerão represálias por parte da federação carioca de futebol por participar do torneio.