Torcedores no Morumbi (Foto: Bruno Quaresma)

Torcida do São Paulo foi uma das que mais fez adesões ao quadro de sócios (Foto: Bruno Quaresma)

LANCE!
05/11/2015
17:31
São Paulo (SP)

O programa de sócio-torcedor é uma das principais fontes de receita das agremiações. Por mais associados, os clubes oferecem benefícios e promovem ações exclusivas para também fidelizá-los. E a ascensão no campo dos afiliados leva a uma disputa saudável no Torcedômetro, ranking nacional de adeptos, idealizado pela Brahma.

Desde a última temporada, Palmeiras e Corinthians disputam a condição de clube com mais sócios-torcedores em São Paulo. Recentemente, o Timão ultrapassou o Alviverde na classificação geral. A distância entre os dois é de 8.146 afiliados. O Alvinegro possui 134.507 membros e figura na segunda posição do ranking elaborado pelo Movimento por um Futebol Melhor, atrás apenas do Internacional, com 146.636 adeptos.

No “Top 20”, o duelo ocorre entre agremiações que não estão nem na mesma divisão do Campeonato Brasileiro. ‘Sensação’ na temporada, o Remo possui 13.597 sócios-torcedores e aparece na 16ª posição geral. O Leão Azul vislumbra o Botafogo. O Glorioso tem 14.029 membros.

De olho em uma vaga entre os 20 primeiros colocados, o Ceará mira o Vitória. A diferença entre os clubes é de apenas nove sócios-torcedores. O Rubro-Negro é o 20º no Torcedômetro.

Finalista na Série C do Campeonato Brasileiro, o Londrina está bem próximo do América-RN no ranking geral. O time paranaense possui 2.607 associados, ao passo que o clube nordestino tem 2.670.

Para atrair e fidelizar os associados, os clubes fazem promoções e oferece benefícios como descontos em produtos de Ambev, Unilever, Pepsico, SKY, TIM, BIC, Centauro.com.br, Easy Taxi, Multiplus, Editora Abril, Méliuz e Raízen, empresas parceiras do Movimento por um Futebol Melhor.