Campeonato Brasileiro - Goias x Coritiba - Briga (foto:Reprodução)

Torcida do Goiás atirou diversos objetos no gramado do Serra Dourada, após a derrota para o Coritiba (Foto:Reprodução)

LANCE!
19/11/2015
16:42
Goiânia (GO)

As confusões criadas por parte da torcida do Goiás, após o apito final do duelo com o Coritiba, que venceu por 3 a 1, não devem passar impunes.  O árbitro Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG) relatou na súmula que pedras, chinelos, tênis, garrafas plásticas e até um aparelho celular foram atirados ao gramado em direção aos jogadores do Esmeraldino e à equipe de arbitragem.

- Após o término da partida, quando os jogadores do Goiás deixavam o campo de jogo, foram atirados por torcedores do Goiás (...) alguns objetos em direção aos jogadores, tais como, garrafas de plásticos (...), chinelo e tênis. (...) Foram arremessados, também por torcedores do Goiás, (...) uma pedra e um aparelho celular , sendo que os mesmos não atingiram atletas nem a equipe de arbitragem - relatou Ricardo Marques Ribeiro.

Súmula Goiás x Coritiba (Foto: Reprodução)
Súmula Goiás x Coritiba (Foto: Reprodução)

Se for denunciado pelos objetos atirados em campo, o Goiás corre risco de perder até dez mandos de campo e ser multado em até R$ 100 mil. Essas são as penas máximas para a infração ao artigo 213, inciso III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em "deixar de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo."

Se confirmada a denúncia, não será a primeira vez do Goiás diante do Tribunal. No dia 9 de novembro, o clube foi multado em R$ 3 mil. A punição decorreu justamente de ações da torcida, que na partida contra o Cruzeiro, no dia 24 de outubro, arremessou garrafas de água, copos e sapatos em direção aos jogadores.