Bruno Rangel - Chapecoense

Bruno Rangel é o artilheiro da Chapecoense, com 7 gols no Catarinense (Foto: Divulgação / GibaPaceThomaz / Chapecoense)

RADAR/LANCE!
25/03/2016
14:34
Florianópolis (SC)

Chapecoense e Brusque abrem a quinta rodada do returno do Campeonato Catarinense neste sábado. A equipe de Guto Ferreira recebe o time quadricolor às 16h, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Apesar de ainda invicto na competição, o treinador do Verdão do Oeste não quer saber de 'relaxar'.

- Tem que continuar trabalhando, aperfeiçoando. A gente tem feito um campeonato bom sim, mas ainda temos muito para melhorar. E a cada jogo estamos buscando evoluir para alcançar os nossos objetivos - afirmou o técnico, que além de defender a liderança da competição, com 12 pontos, conduziu a Chape ao título do primeiro turno. 

Se o time de Guto Ferreira passa por um bom momento, muito se deve ao atacante Bruno Rangel. O camisa 9, depois de anotar três gols na vitória do Verdão por 4 a 0, no último final de semana, sobre o Avaí, se tornou o maior goleador da história da Chapecoense, com 65 gols marcados. O feito foi reconhecido pela diretoria, que homenageou o atleta nesta quinta-feira.

- Eu agradeço muito a diretoria por ter insistido na minha vinda pra cá. Não deu certo num primeiro momento e depois, no finalzinho do ano, deu certo. Ninguém imaginava que tudo isso iria acontecer, mas eu agradeço a Chapecoense por ter me dado essa oportunidade - disse Rangel.

Para a partida, a comissão da Chape relacionou 22 jogadores: Danilo, Marcelo Boeck, Gimenez, Marcelo, Willian Thiego, Rafael Castro, Neto, Dener, Moisés, Josimar, Andrei, Gil, Cléber Santana, Nenén, Hyoran, Lucas Gomes, Ananias, Maranhão, Silvinho, Lourency, Kempes e Bruno Rangel.

Ainda neste sábado, Camboriú e Inter de Lages se encontram às 17h, no Estádio Roberto Santos Garcia. Em casa, o Cambura tentará impedir que a equipe lageana consiga seus primeiros três pontos no returno do campeonato.

Em situação semelhante, porém sofrendo maior pressão, o Avaí também segue na busca pela sua primeira vitória nesta fase da competição. O Leão da Ilha recebe o Joinville um pouco mais tarde, às 18h30, na Arena da Ressacada.

Sob forte pressão, o técnico avaiano, Raul Cabral, disse que o bom desempenho no encerramento do primeiro turno - 2º colocado -, acabou impactando na forma como o time tem se apresentado neste momento da competição.

- No primeiro turno tínhamos uma postura competitiva e precisamos recuperar isso. Com os bons resultados o time acabou acomodando e acreditou numa grande qualidade técnica, o que não é. O nosso diferencial sempre foi a organização e competitividade. Precisamos recuperar essa vontade para voltar a ter bons resultados - declarou.