Material apreendido com torcedores

(Divulgação / PMERJ)

LANCE!
28/10/2017
17:26
Rio de Janeiro (RJ)

Horas antes do clássico entre Flamengo e Vasco, 77 torcedores do Cruz-Maltino (seis deles menores de idade) foram detidos nas proximidades da sede da "Força Jovem", em São Cristóvão, e levados ao Juizado Especial Criminal (Jecrim) do Maracanã. Foram apreendidos protetores bucais, bastões e outros materiais. 

De acordo com a PM, os suspeitos estavam se concentrando para promover algum tipo de ataque nos arredores do Maracanã. Eles foram levados de micro-ônibus para o Jecrim.

- Nós tivemos informações de que um grupo de torcedores da Força Jovem iria fazer ataques a torcedores do Flamengo no entorno do Maracanã. A gente esteve em São Cristóvão e vimos um grupo com todas as pessoas usando camisas pretas, que é uma característica de grupos que atacam. E como eles têm uma restrição de 5 km do estádio e a sede fica a 2,5 km, de cara eles estavam descumprindo a medida judicial - afirmou o Major Silvio Luiz, do Gepe, ao GloboEsporte.com.

O major apontou que os materiais apreendidos evidenciam que os torcedores planejavam uma emboscada: 

- Eles foram abordados, cercados, presos e na revista foram encontrados pedaços de madeira, protetor bucal, soco inglês, o que, na minha opinião, confirma a tese de que eles iriam atacar a torcida do Flamengo. Não houve resistência.

Em outro ponto do Rio, na Avenida Brasil, na altura de Vigário Geral, houve confronto entre membros de organizadas de Vasco e Flamengo. Houve relatos de tiros, bombas e pancadaria.

TIROS EM NITERÓI


De acordo com informações divulgadas pelo jornal "O Fluminense", houve um confronto entre torcidas organizadas de Flamengo e Vasco na tarde deste sábado, na Rua Dr. March, no bairro Tenente Jardim, em Niterói. Dois homens foram baleados e levados ao Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca.

*Atualizado às 19h03