Silas em coletiva  (Foto: Alceu Atherino / AVAÍ F.C.)

Silas aliviado. O Avaí vence a primeira após oito rodadas no returno e escapa do rebaixamento no Campeonato Catarinense   (Foto: Alceu Atherino / AVAÍ F.C.)

RADAR/LANCE!
18/04/2016
22:58
Florianópolis (SC)

Acabou o sofrimento do Avaí. Após sete derrotas seguidas, na lanterna do Campeonato Catarinense e entrando na penúltima rodada do returno sob o risco de rebaixamento, o time avaiano, nesta segunda-feira, na Ressacada, obteve importantíssima vitória por 1 a 0 sobre um rival direto pela degola, o Guarani de Palhoça. O gol foi de Yuri, no primeiro tempo. Com isso, o Avaí chegou aos 20 pontos e não corre mais risco de queda para a Segunda Divisão. Afinal, resta apenas uma rodada e Guarani (14 pontos) e Camboriú (15 pontos, após empate com o Figueirense) não podem mais alcançá-lo.

O Avaí, jogando em casa, partiu para cima com tudo nos primeiros minutos, perdendo duas ótimas chances.  Aos 12 minutos,chegou ao gol quando William escorou cruzamento da direita e Yuri entrou livre só para concluir para as redes.  Depois, o Avaí parou e sofreu pressão do Guarani.  Na etapa final, depois de um bom inicio nos primeiros dez minutos, o Avaí foi muito mal, sendo pressionado pelo Guarani. No fim, ficou o alívio da torcida pela salvação, mas ela não perdoou o time e vaiou muito os jogadores.

Na coletiva, o treinador Silas disse que o torcedor teve todo o direito de cobrar bons resultados e disse que as vaias foram justas.

- Quero parabenizar o torcedor pois ele veio, empurrou o time e ajudou até o fim. Mas ele tem duas funções apoio e cobrança. A gente podia ter empatado o jogo. Mas a bronca do torcedor é pelos últimos três anos e campanha ruim no segundo turno. Mas parabenizei o grupo, pois o objetivo foi alcançado. Saiu um peso nas costas dos meninos. Se o Barcelona que é o Barcelona vem sofrendo com a pressão, imagine esses garotos. William, que é experiente, foi dormir  às cinco da manhã na véspera deste jogo. Agora vamos virar a página e começar a pensar na Copa do Brasil e na Série B - disse Silas.

Figueira ajuda o Avaí

No outro jogo desta segunda-feira, o Figueirense, que nada aspira no Catarinense, jogou fora de casa e ficou no empate em 1 a 1 com o Camboriú. O resultado que acabou rebaixando os donos da casa, que foram para 15 pontos.

O duelo foi dramático, pois o Camboriú precisava da vitória para escapar e o Figueira catimbou bastante. A temperatura foi às alturas no fim. Para se ter ideias, após os 44 minutos da etapa final, saíram os dois gols e dois jogadores (Rafael Moura, do Figueirense, e Rhuan, do Camboriú) foram expulsos. O Figueira saiu na frente aos 44, num gol de Dodô de fora da área. Aos 48, Jean Carlos acertou uma bonita bicicleta.

A penúltima rodada do returno do Catarinense será fechada com o jogo entre Metropolitano e Criciúma, nesta quarta-feira. Vale lembrar que o título do returno ficou com o Joinville, que decidirá o Estadual contra o vencedor do turno, a Chapecoense.