Rubens Lopes durante Assembleia Geral da Ferj (Foto: Úrsula Nery/Divulgação)

Rubens Lopes durante Assembleia Geral da Ferj (Foto: Úrsula Nery/Divulgação)

Igor Siqueira
04/10/2017
17:49
Rio de Janeiro (RJ)

Na mesma reunião que serviu para definir a tabela do Campeonato Carioca de 2018, os clubes aprovaram ajustes na competição. A estrutura básica não foi alterada, mas houve alterações que impactam na reta final da disputa. É preciso atenção para não perder o fio da meada.

Caso um clube seja campeão dos dois turnos - Taça Guanabara e Taça Rio -, ele já terá assegurado o lugar na final geral do Estadual. A proposta foi feita pela Ferj e aprovada por unanimidade.

Mas isso não vai "matar" as semifinais do Carioca, disputadas pós-Taça Rio. Nesta hipótese, elas serão disputadas entre os quatro times de melhor campanha (do segundo ao quinto colocado na classificação geral). O "campeão" dessa mini fase final de mata-mata, então, se juntará ao clube que já tinha faturado os dois turnos para decidir, em jogo único, o campeão Carioca-2018.

Diante da hipótese de que um time não vença os dois turnos, os campeões da Taça Guanabara e Taça Rio chegarão às semifinais do Estadual com vantagem do empate.

- Foram corrigidas distorções que aconteceram no ano passado - disse o presidente do Vasco, Eurico Miranda.