Marco Polo Del Nero e Rogério Caboclo (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Marco Polo Del Nero e Rogério Caboclo reunidos (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

LANCE!
17/04/2018
10:22

O executivo Rogério Caboclo, de 45 anos, deverá ser escolhido o novo presidente da CBF em reunião que acontece nesta terça-feira na sede da entidade. Ele superou o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, na disputa pela preferência do atual presidente afastado, Marco Polo Del Nero. O evento está previsto para às 14h(de Brasília) e acontecerá logo depois de uma assembléia para aprovação de contas da atual gestão.

Um pretendente só pode ser candidato a presidente da CBF se tiver, no mínimo, o apoio de oito das 27 federações e de pelo menos cinco dos 40 clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro. Com o acordo político costurado, Caboclo contou com o aval de 37 clubes e 25 federações. Apenas Flamengo, Corinthians, Atlético-PR, Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e Federação Paulista de Futebol não aprovaram o nome.

Além de Caboclo, deverão ser confirmados na eleição oito vice-presidentes: Francisco Noveletto (Rio Grande do Sul), Ednaldo Rodrigues (Bahia), Castellar Guimarães (Minas Gerais) e Antonio Aquino Lopes (Acre), que passam a ocupar cargos, além de Fernando Sarney (Maranhão), Gustavo Feijó (Alagoas), Marcus Vicente (Espírito Santo) e Antonio Carlos Nunes (Pará), que já eram vice-presidentes.

As eleições da CBF apresentam um questão curiosa: o eleito assume apenas um ano depois. Assim, Caboclo só tomará posse, para um mandato de quatro anos, em abril de 2019. Antes disso ele será o chefe de delegação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia.

Tendo a gestão marcada pelo Escândalo da Fifa, Del Nero assumiu a vaga deixada por José Maria Marin, que foi preso na Suíça e condenado nos EUA por corrupção. O atual presidente da entidade tem evitado deixar o país, uma vez que responde a processo pelos mesmos crimes de seu antecessor. Como foi suspenso pelo Comitê de Ética da Fifa de todas as atividades relacionadas a futebol, Del Nero está vendo seu mandato ser concluído por Antonio Carlos Nunes, o Coronel Nunes, o mais velho vice da entidade, conforme prevê o estatuto.