Campeonato Carioca - Vasco x Flamengo (foto:Cleber Mendes/LANCE!Press)

Nenê ditou o ritmo do jogo a favor do Vasco (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)

Alexandre Araújo
14/02/2016
22:44
Rio de Janeiro (RJ)

Com um gol no último minuto, o zagueiro Rafael Vaz, que havia entrado no segundo tempo, acabou se transformando em herói improvável do clássico entre Vasco e Flamengo. O jogador aproveitou sobra na área e bateu para garantir a vitória cruz-maltina. Além dele, merece destaque também o técnico Jorginho, que soube armar o time e foi, até certo ponto, ousado nas substituições, colocando o time para frente sem temer a derrota em casa. Por outro lado, em uma tarde apagada do Flamengo, Marcelo Cirino acabou sendo um dos pontos de luz da equipe comandada por Muricy, que também não soube montar um esquema para neutralizar o adversário.

VASCO

6,5
Martín Silva
Não foi muito exigido durante toda a partida, mas, quando necessário, esteve seguro e ajudou.

6,5
Madson
Chamou bastante o jogo nas saídas de bola e criou boas chances, mas já teve dias melhores.

7,5
Rodrigo
Conseguiu ter boa atuação mesmo jogando do lado em que não está acostumado. Deu passe para o gol.

7,0
Jomar
Substituiu Luan e não deixou a desejar. Mesmo com a adrenalina envolvida no jogo, foi bem.

6,0
Julio Cesar
Não apoiou tanto o ataque, mas conseguiu fazer o papel defensivamente.

6,0
Marcelo Mattos
Mesmo estando há muito tempo sem jogar, conseguiu cumprir a função e ajudar na marcação.

5,5
Julio dos Santos
Não esteve em um bom dia. Mostrou que, mais à frente, pode ser últi, mas acertou pouco.

6,0
Andrezinho
Foi bem e conseguiu desempenhar uma boa ligação entre a defesa e o setor mais ofensivo.

7,0
Nenê
Mais uma vez destacou-se. Quase fez o dele em cobrança de falta, que explodiu no travessão.

5,5
Jorge Henrique
Iniciou bem, mas ainda no primeiro tempo caiu de rendimento e acabou substituído na etapa final.

5,5
Riascos
Movimentou-se bem e fez a zaga do Flamengo se mexer, mas faltou malícia em alguns lances.

5,5
Thalles
Entrou com a função de colocar o time mais à frente, mas mudou pouco o panorama da equipe.

6,0
Eder Luis
Conseguiu cair bem pela direita e, no fim, ser uma válvula de escape para um time já cansado.

7,5
Rafael Vaz
Entrou no fim e conseguiu garantir a vitória no clássico. Na zaga, não comprometeu.

7,5
Jorginho
Apesar das mudanças, a equipe vascaína foi melhor durante toda a partida em São Januário.

FLAMENGO

5,5
Paulo Victor
Não teve culpa no gol, mas cometeu falhas, como quando deu rebote no pé do atacante Riascos.

5,0
Rodinei
Subiu bastante, mas não conseguiu ser objetivo e pouco ajudou o setor ofensivo do Flamengo.

5,5
Wallace
Já teve dias piores, mas fez parte de um setor que teve falhas durante quase toda a partida.

6,5
Juan
Foi bastante seguro e acertou em quase todos os lances em que deu bote no adversário.

5,0
Jorge
Foi uma boa opção para desafogar a defesa, mas errou muito passe e não avançou ao ataque.

5,0
Márcio Araújo
Perdido, errou posicionamento e cometeu diversas faltas em locais perigosos.

5,5
Willian Arão
Desde que chegou ao Flamengo, talvez tenha sido a pior atuação. Em alguns momentos, esteve perdido.

5,5
Mancuello
Levou perigo nas bolas paradas, mas só. Ainda parece não estar totalmente encaixado no time.

6,0
Marcelo Cirino
Levou perigo à zaga vascaína quando caiu pela direita e usou a velocidade.

5,0
Emerson Sheik
Perdeu um gol que atacante nenhum pode desperdiçar em clássico. Não esteve em um bom dia.

5,0
Paolo Guerrero
Teve boa movimentação. Mas ficou preso à marcação e deu pouca dor de cabeça ao adversário.

5,0
Everton
Entrou no segundo tempo para dar mais movimentação, mas pouco conseguiu fazer em prol do time.

5,0
Muricy Ramalho
Time não entrou bem. Poderia ter tentado mexer quando viu que a atuação estava abaixo do esperado.