Daniel Bortoletto
22/11/2015
19:54
Joinville (SC)

Autor do primeiro gol do Vasco na vitória por 2 a 1 contra o Joinville, neste domingo, o atacante Nenê recebeu a maior nota da partida, em avaliação do LANCE!. Além dele, Serginho e Jorge Henrique também tiveram um bom desempenho e garantiram boas notas. Pelo lado do rebaixado Joinville, Marcelinho Paraíba foi o mais bem avaliado. Confira as notas.

VASCO

5,5
Martin Silva

Uma defesaça e na sequência uma falha que resultou em gol, depois de um primeiro tempo como espectador.

6,0
Madson

Desta vez não precisou ser válvula de escape do ataque pela direita. Ficou mais preso à marcação.

6,5
Luan

Uma atuação sóbria, correta, regular. Cartão amarelo no fim vai custar sua presença na próxima partida contra o Santos.

6,5
Rafael Vaz

O substituto de Rodrigo foi seguro, tanto nas jogadas pelo alto quanto nos desarmes. Até participou do primeiro gol.

6,0
Julio Cesar

Bem postado, não avançou tanto já que Mario Sérgio costuma subir bastante. Atuação correta.

5,5
Diguinho

Sempre voluntarioso, o volante destoa na parte técnica, mas compensa na vontade. Errou alguns passes na 2 etapa.

7,0
Serginho

É o vigor físico de um envelhecido meio de campo vascaíno. Muitas vezes apareceu como surpresa no ataque.

6,0
Andrezinho

Cadenciou o jogo quando preciso, levou perigo em algumas bolas paradas. A vantagem no placar ajuda seu estilo de jogo.

7,5
Nenê

É o principal responsável em campo pelo fato de o Vasco ainda estar vivo. Bela finalização para abrir o placar.

6,5
Riascos

Mostrou a tranquilidade que faltou em vários jogos para fazer o segundo gol vascaíno. No mais, lutou muito, como sempre.

7,0
Jorge Henrique

A surpresa de Jorginho na escalação deu mais movimentação ao setor ofensivo. Belo passe para o gol de Riascos.

5,5
Bruno Galo

Sua entrada deu uma bagunçada no setor defensivo.

6,5
Aislan

Salvou um gol quase certo de Marcelinho Paraíba instantes depois de entrar em campo.


Julio dos Santos

Pouco tempo em campo.

6,5
Jorginho

A presença de Jorge Henrique deixou Nenê mais livre. No fim das mudanças quase complicaram o resultado.

JOINVILLE


5,5
Agenor

Com uma zaga errando tanto virou um mero espectador.

5,0
Mario Sérgio

Tentou ser opção pela direita. Não se omitiu.

4,5
Rafael Donato

Cansou de bater cabeça com Domingues. Ao menos fez um gol.

3,5
Domingues

Cansou de bater cabeça com Rafael Donato. E não fez gol.

4,5
Diego

Teve trabalho na marcação. E raramente chegou à linha de fundo.

5,5
Anselmo

Foi o jogador de meio que mais criou lances no ataque.

5,0
Danrlei

Atuação burocrática.

4,5
Ítalo

Não conseguiu ligar o ataque. Sacado no intervalo.

5,0
Kadu

Jogou apenas 15 minutos e foi sacrificado após o 2 a 0 do Vasco.

5,0
Fernando Viana

Foi um pouco mais perigoso no segundo tempo.

5,0
Kempes

Isolado na frente quase não teve chances para marcar.

5,0
Lucas Crispim

Tentou aumentar o poder ofensivo. Mas só tentou.

6,0
Marcelinho Paraíba

Entrou no intervalo e levou perigo nas bolas paradas.


Edgar Junio

Pouco tempo em campo para tentar mudar alguma coisa.

4,5
PC Gusmão

Pela atuação de ontem o rebaixamento foi apenas consequência.