Bernardo Cruz
28/11/2015
20:22
Rio de Janeiro (RJ)

Jefferson não esteve em campo, mas nem por isso o Botafogo esteve sem brilho em seu gol. Helton Leite fechou a meta, garantiu o 0 a 0 contra o América-MG e foi o maior destaque do duelo no Estádio Nilton Santos. Confira abaixo as notas para os jogadores e técnicos do Glorioso e do Coelho.

> BOTAFOGO

7,5
Helton Leite

Fez duas grandes defesas no segundo tempo que evitaram a derrota do Botafogo no último jogo do ano.

5,5
Diego

Não foi uma presença constante no ataque, até mesmo pelo clima de fim de ano. Na defesa não comprometeu.

5,5
Emerson

Teve algum trabalho com o ataque do América-MG. O jogo aéreo do Coelho também causou problemas.

5,5
Renan Fonseca

No mesmo nível do companheiro de zaga. Andou se enrolando em umas saídas de bola, mas no geral foi regular.

6,0
Diego Giaretta

Apoiou mais o ataque alvinegro, que produziu maior volume de jogo pelo seu setor.

5,5
Fernandes

Oscilou na marcação e em alguns passes. No entanto, mostrou disposição durante os 90 minutos.

5,0
Rodrigo Lindoso

Ficou devendo. Afinal, era um jogo onde poderia mostrar maior potencial ser aproveitado mais em 2016.

5,0
Dierson

Atuação tímida. Avançou pouco e não municiou os atacantes com frequência. Saiu no intervalo.

4,5
Tomas

Era o responsável pela criação de jogadas. Como o time pouco assustou o adversário, esteve abaixo.

6,0
Neilton

Tentou algumas jogadas individuais e incomodou um pouco o sistema ofensivo mineiro. Deixará saudades se não ficar.

6,0
Luis Henrique

O garoto não fugiu a nenhuma disputa e mostrou disposição. Será de importante valia para o próximo ano.

6,0
Luis Ricardo

Atuou durante todo o segundo tempo e foi uma figura mais atuante no ataque.

6,0
Lulinha

Não foi brilhante, mas aumentou o poder de criação do meio de campo alvinegro.

5,5
Elvis

Não comprometeu enquanto esteve em campo.

5,0
Técnico: Ricardo Gomes

Entrou com o time reserva e já em clima de férias. O Botafogo quase perdeu devido ao pouco interesse.

> AMÉRICA-MG

6,0
João Ricardo

Foi um espectador da partida. Pouco exigido.

6,5
Wesley Matos

Incomodou com suas subidas ao ataque.

5,5
Messias

O jogador mais instável do sistema defensivo do Coelho.

6,0
Anderson Conceição

Ficou mais preso ao sistema defensivo.

6,5
Walber

Perigoso, quase deixou sua marca no primeiro tempo.

6,0
Leandro Guerreiro

Teve uma atuação correta e foi bem na marcação.

6,5
Tony

Além de auxiliar na defesa, ajudou na criação de jogadas.

5,5
Guilherme Xavier

Foi quem destoou no meio de campo americano.

6,5
Mancini

Usou bem a experiência para comandar as criações de jogada.

5,5
Cristiano

Pouco tocou na bola.

5,0
Pablo

Apagado.

7,0
Bruno Sávio

Infernizou a defesa do Botafogo. Só não deixou sua marca em duas oportunidades por conta de Helton Leite.

6,0
André

Quase não teve trabalho com o ataque do Botafogo.

6,0
Rodrigo Souza

Segurou bem na sua função defensiva.

6,5
Técnico: Givanildo Oliveira

O América-MG veio mais disposto a tentar a vitória. E merecia sorte melhor.