Matheus Dantas
18/02/2018
20:37
Cariacica (ES)

O Boavista foi derrotado por 2 a 0 pelo Flamengo, neste domingo, na decisão da Taça Guanabara, primeiro turno do Carioca. O time de Saquarema até conseguiu fazer um bom primeiro tempo, mas depois foi vazado na segunda etapa. O principal destaque da equipe foi o zagueiro Gustavo. Erick Flores, Júlio César e Leandrão também foram bem avaliados.

Confira abaixo as atuações do Boavista.

6,0 - Rafael
Fez uma grande defesa em falta cobrada por Diego e saiu bem da meta em algumas bolas levantadas em sua área. Não teve culpa nos gols.

6,5 - Thiaguinho
Ficou mais preso à marcação do que Júlio César pelo outro lado. Teve méritos na marcação de Éverton, que não conseguiu criar jogadas.

7,0 - Gustavo
Firme, foi perfeito na marcação de Henrique Dourado, permitindo ao centroavante do Flamengo apenas uma finalização em toda partida.

4,5 - Kadu Fernandes

No primeiro tempo, evitou gol de Diego quando Rafael já parecia batido. Em uma infelicidade, acabou marcando gol contra na etapa final.

6,5 - Júlio César
Boa partida do lateral-esquerdo. Bem na marcação e, mesmo aos 35 anos, não faltou fôlego para ir à linha de fundo e fazer bons cruzamentos.

6,5 - Willian Maranhão

Fez o que pôde para impedir a criação do Flamengo. Bom jogo.

6,0 - Douglas Pedroso
Recebeu um cartão amarelo logo no início, mas seguiu firme na marcação.

6,0 - Lucas
Impôs velocidade no início do jogo, dando trabalho ao rival, mas acabou caindo de produção na segunda etapa.

5,5 - Fellype Gabriel
Único armador do time, começou bem a partida, mas acabou ficando sem função na etapa final por conta da postura do Boavista.

6,5 - Erick Flores
Fez um grande primeiro tempo, criando lances de perigo ao Flamengo. Na etapa final, acabou sacrificado pelo esquema, mas marcou muito.

6,5 - Leandrão
Finalizou com perigo, ganhou algumas disputas pelo alto e, na etapa final, foi quem conseguiu segurar a bola no time do Boavista.

5,0 - Cláudio Maradona
Não conseguiu produzir nenhuma jogada de perigo ao Flamengo.

5,5 - Tartá
Entrou para ser uma opção de velocidade no contra-ataque, mas a bola não chegou.

6,0 - Eliventon
Já entrou com o Boavista em desvantagem. Não teve muito o que fazer.

6,5 - Eduardo Allax
Dentro de suas limitações, o Boavista conseguiu fazer um jogo equilibrado com o Flamengo. Sofreu gols em lances isolados.