icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/08/2015
00:05

Foi das categorias de base do Palmeiras que veio o presente de aniversário dos palmeirenses. Gabriel Jesus detonou o Cruzeiro em apenas 45 minutos e foi o grande responsável pela vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, que garantiu a classificação do Verdão às quartas de final da Copa do Brasil. Aos cruzeirenses só restou lamentar a péssima atuação no Mineirão. Confira as notas do LANCE!:

E MAIS:
> Confira lance a lance como foi o jogo em Minas

CRUZEIRO

4,5
Fábio
Foi muito exigido, mas levou drible humilhante de Gabriel Jesus no terceiro gol, ainda no primeiro tempo.

4,0
Ceará
Desorganizado, como toda a defesa, falhou nas jogadas de dois dos três gols do Palmeiras no primeiro tempo.

4,0
Paulo André
Lento, não conseguiu dar ânimo à defesa cruzeirense e ainda foi mal no lance do segundo gol do Palmeiras.

3,5
Bruno Rodrigo
Aposta de Vanderlei Luxemburgo, falhou feio na marcação de Gabriel Jesus, fez falta e foi expulso aos 24 minutos do primeiro tempo.

5,0
Mena
O melhor da linha de defesa cruzeirense, teve algunas falhas de marcação, mas ajudou o time à frente na esquerda.

5,0
Charles
Tentou melhorar a saída de bola, mas pecou na marcação e não conseguiu acompanhar o ritmo do adversário.

5,5
Henrique
Fez o básico: compôs o meio-campo, ajudou na saída de bola, mas não foi bem o sufiente na marcação para evitar o pior.

6,5
Fabrício
Jogador que mais correu no time, tentou servir os atacantes e teve fôlego para recompor atrás.

6,5
Alisson
Fez pouco no primeiro tempo, mas conseguiu melhorar no segundo e marcou o gol em pênalti bem batido.

6,5
Leandro Damião
Esforçado, tentou dominar várias bolas no ataque. Deu assistência a Vinícius Araújo e quase fez o seu.

6,5
Vinícius Araújo
Autor do gol, se movimentou bem e fez boas trocas com Damião no ataque. Faltou chutar mais a gol.

6,5
De Arrascaeta
Entrou no segundo tempo e deu novo ânimo ao Cruzeiro. Foi quem mais deu trabalho à zaga palmeirense.

6,0
Manoel
Entrou para compor a linha de zaga e não comprometeu durante o segundo tempo.

5,5
Allano
Ingressou no jogo com gás, mas pouco fez para mudar o resultado desfavorável no placar na etapa final.

3,5
Téc: Vanderlei Luxemburgo
Apático, errou ao escalar Bruno Rodrigo e não soube organizar a equipe depois da expulsão.

 

PALMEIRAS

5,5
Fernando Prass
Sem culpa nos gols. Assustou no primeiro tempo ao furar uma bola. Seguro nas saídas pelo alto.

5,0
João Pedro
Ganhou a chance na equipe, mas não acompanhou Vinícius Araújo no primeiro gol e, imprudente, cometeu pênalti.

5,0
Jackson
Também ficou perdido com a movimentação no primeiro gol adversário. Deu espaços em outros dois lances.

6,0
Vitor Hugo
Teve menos trabalho que seu companheiro e afastou o perigo, sem se comprometer. Atuação correta.

6,5
Egídio
Ótimo no apoio ao ataque: bons cruzamentos, jogadas com os atacantes e assistência. Cochilou em alguns lances atrás.

6,0
Amaral
Ficou mais preso e não comprometeu na marcação. Com cartão amarelo, não voltou para o segundo tempo.

6,5
Robinho
Foi bem na transição de bola para o ataque e distribuiu bem o jogo. Ainda ajudou na marcação pela direita.

7,0
Zé Roberto
Apareceu em várias partes do campo, ajudou na marcação e na criação das jogadas. Nem parece que tem 41 anos.

7,5
Dudu
Bons passes no primeiro e terceiro gols da equipe. Movimentou-se muito e infernizou a defesa adversária.

9,5
Gabriel Jesus
Noite brilhante! Lindo passe para Barrios fazer o primeiro e dois golaços. Ainda causou a expulsão de Bruno Rodrigo.

7,0
Lucas Barrios
Marcou o gol que abriu o caminho para a classificação. Com boa movimentação, abriu espaços para os companheiros.

6,0
Andrei Girotto
Entrou no segundo tempo, com o time sem a mesma concentração. Foi discreto, mas não comprometeu.

6,0
Leandro Pereira
Não teve muitas chances para aparecer. O time já não tinha mais o mesmo ímpeto do primeiro tempo.

6,0
Mouche
Entrou em campo a dez minutos do fim da partida e até tentou arrancar e criar perigo, mas sem brilho.

7,5
Téc: Marcelo Oliveira
Mexeu no time que vinha jogando e deu certo. Time se movimentou e criou muito. Ótimo resultado fora de casa.

Foi das categorias de base do Palmeiras que veio o presente de aniversário dos palmeirenses. Gabriel Jesus detonou o Cruzeiro em apenas 45 minutos e foi o grande responsável pela vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, que garantiu a classificação do Verdão às quartas de final da Copa do Brasil. Aos cruzeirenses só restou lamentar a péssima atuação no Mineirão. Confira as notas do LANCE!:

E MAIS:
> Confira lance a lance como foi o jogo em Minas

CRUZEIRO

4,5
Fábio
Foi muito exigido, mas levou drible humilhante de Gabriel Jesus no terceiro gol, ainda no primeiro tempo.

4,0
Ceará
Desorganizado, como toda a defesa, falhou nas jogadas de dois dos três gols do Palmeiras no primeiro tempo.

4,0
Paulo André
Lento, não conseguiu dar ânimo à defesa cruzeirense e ainda foi mal no lance do segundo gol do Palmeiras.

3,5
Bruno Rodrigo
Aposta de Vanderlei Luxemburgo, falhou feio na marcação de Gabriel Jesus, fez falta e foi expulso aos 24 minutos do primeiro tempo.

5,0
Mena
O melhor da linha de defesa cruzeirense, teve algunas falhas de marcação, mas ajudou o time à frente na esquerda.

5,0
Charles
Tentou melhorar a saída de bola, mas pecou na marcação e não conseguiu acompanhar o ritmo do adversário.

5,5
Henrique
Fez o básico: compôs o meio-campo, ajudou na saída de bola, mas não foi bem o sufiente na marcação para evitar o pior.

6,5
Fabrício
Jogador que mais correu no time, tentou servir os atacantes e teve fôlego para recompor atrás.

6,5
Alisson
Fez pouco no primeiro tempo, mas conseguiu melhorar no segundo e marcou o gol em pênalti bem batido.

6,5
Leandro Damião
Esforçado, tentou dominar várias bolas no ataque. Deu assistência a Vinícius Araújo e quase fez o seu.

6,5
Vinícius Araújo
Autor do gol, se movimentou bem e fez boas trocas com Damião no ataque. Faltou chutar mais a gol.

6,5
De Arrascaeta
Entrou no segundo tempo e deu novo ânimo ao Cruzeiro. Foi quem mais deu trabalho à zaga palmeirense.

6,0
Manoel
Entrou para compor a linha de zaga e não comprometeu durante o segundo tempo.

5,5
Allano
Ingressou no jogo com gás, mas pouco fez para mudar o resultado desfavorável no placar na etapa final.

3,5
Téc: Vanderlei Luxemburgo
Apático, errou ao escalar Bruno Rodrigo e não soube organizar a equipe depois da expulsão.

 

PALMEIRAS

5,5
Fernando Prass
Sem culpa nos gols. Assustou no primeiro tempo ao furar uma bola. Seguro nas saídas pelo alto.

5,0
João Pedro
Ganhou a chance na equipe, mas não acompanhou Vinícius Araújo no primeiro gol e, imprudente, cometeu pênalti.

5,0
Jackson
Também ficou perdido com a movimentação no primeiro gol adversário. Deu espaços em outros dois lances.

6,0
Vitor Hugo
Teve menos trabalho que seu companheiro e afastou o perigo, sem se comprometer. Atuação correta.

6,5
Egídio
Ótimo no apoio ao ataque: bons cruzamentos, jogadas com os atacantes e assistência. Cochilou em alguns lances atrás.

6,0
Amaral
Ficou mais preso e não comprometeu na marcação. Com cartão amarelo, não voltou para o segundo tempo.

6,5
Robinho
Foi bem na transição de bola para o ataque e distribuiu bem o jogo. Ainda ajudou na marcação pela direita.

7,0
Zé Roberto
Apareceu em várias partes do campo, ajudou na marcação e na criação das jogadas. Nem parece que tem 41 anos.

7,5
Dudu
Bons passes no primeiro e terceiro gols da equipe. Movimentou-se muito e infernizou a defesa adversária.

9,5
Gabriel Jesus
Noite brilhante! Lindo passe para Barrios fazer o primeiro e dois golaços. Ainda causou a expulsão de Bruno Rodrigo.

7,0
Lucas Barrios
Marcou o gol que abriu o caminho para a classificação. Com boa movimentação, abriu espaços para os companheiros.

6,0
Andrei Girotto
Entrou no segundo tempo, com o time sem a mesma concentração. Foi discreto, mas não comprometeu.

6,0
Leandro Pereira
Não teve muitas chances para aparecer. O time já não tinha mais o mesmo ímpeto do primeiro tempo.

6,0
Mouche
Entrou em campo a dez minutos do fim da partida e até tentou arrancar e criar perigo, mas sem brilho.

7,5
Téc: Marcelo Oliveira
Mexeu no time que vinha jogando e deu certo. Time se movimentou e criou muito. Ótimo resultado fora de casa.