Cabofriense x Flamengo

Mancuello liderou o meio de campo rubro-negro na vitória sobre a Cabofriense (Foto: Cleber Mendes/Lancepress)

João Matheus Ferreira
24/02/2016
22:28
Rio de Janeiro (RJ)

Em uma atuação boa no primeiro tempo e bem mediana na etapa final, o Flamengo teve o atacante Felipe Vizeu, autor do gol da vitória, como destaque na vitória sobre a Cabofriense, por 1 a 0, no estádio Moacyrzão, em Macaé. O meia Mancuello também foi bem, principalmente na etapa inicial. Os destaques negativos da equipe foram o volante Canteros e o meia-atacante Gabriel, que renderam abaixo dos demais. Na Cabofriense, Marquinhos do Sul, bem veloz pelas pontas, foi o destaque.

FLAMENGO

6,0
Paulo Victor
Como de costume na maioria dos jogos contra pequenos no Campeonato Carioca, praticamente não teve trabalho.

6,5
Pará
Boa presença ofensiva em certos momentos da partida. Foi dele, aliás, o cruzamento para o gol de Felipe Vizeu.

6,0
César Martins
Não chegou a se destacar, como aconteceu no clássico com o Fluminense, mas novamente mostrou segurança na zaga.

6,0
Juan
Apresentou a habitual segurança, embora não tenha tido tanto trabalho. Quase marcou duas vezes no ataque.

6,0
Chiquinho
Com bom vigor físico, também foi presente no ataque, mas precisa aprimorar um pouco mais os cruzamentos na área.

6,5
Márcio Araújo
Mostra que pode ser um bom reserva de Cuéllar durante a temporada. Teve uma boa atuação ontem. Bastante segura.

5,5
Canteros
Teve uma das primeiras chances no ano, mas pouco fez além de passes para o lado. Não foi mal, mas deve mostrar mais.

6,5
Mancuello
Parece mais adaptado a cada jogo que passa. Distribuiu bons passes e comandou a criação. Faltou pouco para fazer gol.

5,5
Gabriel
Precisa parar e observar mais o jogo. Só correr não adianta. Muitas vezes desperdiça alguma jogada por conta disso.

6,0
Everton
Fez algumas boas jogadas, mas às vezes se encaixa no caso de Gabriel. Puxou bons contra-ataques e quase fez golaço.

7,0
Felipe Vizeu
Balançou a rede no primeiro jogo como titular e mostrou duas coisas: boa presença ofensiva e, sobretudo, estrela.

6,0
Marcelo Cirino
Deu mais ofensividade ao time, embora já tenha entrado na parte final do jogo. Trocou alguns bons passes.

6,0
Willian Arão
Entrou junto com Cirino. Ajudou na saída de bola e teve a chance de criar algumas jogadas. Ajudou na marcação.

6,0
Muricy Ramalho
Acertou em poupar o time, que foi bem no primeiro tempo, mas caiu no fim. Deveria dar mais chance para a garotada.

CABOFRIENSE

6,0
Andrey
Um pouco atrapalhado, mas fez algumas defesas importantes.

4,5
Júlio Lopes
Poderia ser mais presente no ataque. Pouco criou.

4,0
Juliano
Ao lado do companheiro de zaga, assistiu Felipe Vizeu marcar o gol.

4,0
Rafael Sales
Também falhou no gol de Vizeu. Só olhou ele cabecear.

4,5
Leandro
Embora seja experiente, não foi tão participativo na partida.

5,0
Gilson
Teve muita dificuldade para parar o meio de campo rubro-negro.

4,5
Paulo Henrique
Por ser segundo volante, deveria ajudar na criação.

5,5
Marquinhos do Sul
Dentre todos os jogadores, foi o que mais chamou a responsabilidade para criar jogadas.

5,0
Keninha
Ficou apenas 22 minutos em campo e, por isso, mostrou pouco o futebol.

4,0
Carlinhos
Embora tenha ficado mais tempo em campo, não fez nada.

5,0
Charles Chad
Tem certa presença ofensiva, mas não conseguiu fazer nada.

4,5
Maicon
Entrou na vaga de Keninha, no início do jogo, e produziu bem pouco.

5,0
Marcelo Gama
Entrou na parte final e pouco conseguiu fazer.

5,0
Wendel
Também apareceu pouco.

5,0
Eduardo Húngaro
Tem um time mediano e faz um trabalho razoável.