Campeonato Carioca - Vasco x Botafogo (foto:Paulo Sergio/LANCE!Press)

O Botafogo até que jogou bem e tentou surpreender o Vasco, que venceu por 1 a 0 (Foto: Paulo Sergio/LANCE!Press)

Matheus Babo
27/03/2016
20:12
Rio de Janeiro (RJ)

No Vasco, quando um não vai bem, o outro toma conta e corrige as falhas do companheiro, como aconteceu com o zagueiro Luan, neste domingo, ao jogar por ele e pelo companheiro Rodrigo - este bem abaixo do que costuma render. O time cruz-maltino ganhou corpo. O cérebro e o motorzinho são Nenê e Andrezinho, que dividem a responsabilidade. Com isso, na frente, Thalles pôde "brigar" contra a zaga rival. Aliás, se deu bem, pois marcou o único gol da vitória sobre o Botafogo,  em São Januário. 

Já pelo lado do Alvinegro, Carli, Emerson e Diogo Barbosa cumpriram relativamente bem as suas funções no sistema defensivo, embora o Vasco tenha feito um gol. Na frente, Salgueiro e Ribamar deram trabalho. Mas, como disse o técnico Ricardo Gomes, faltou colocar a bola dentro da rede.

VASCO

6,0
Jordi
Mostrou insegurança quando precisou trabalhar com os pés. Com as mãos, não foi acionado pelo ataque adversário.

5,5
Madson
É uma das boas alternativas de ataque do time, mas ontem sofreu com a atuação ruim de Julio dos Santos.

5,0
Rodrigo
Esteve bem abaixo do que costuma apresentar. Errou vários passes na saída de bola do time e no jogo aéreo.

6,5
Luan
Foi melhor que o companheiro ontem. Ganhou a maioria das divididas e esteve bem posicionado.

6,0
Julio Cesar
É um dos jogadores mais regulares do time. Oscila pouco e foi importante em momentos ruins da equipe na partida.

6,0
Marcelo Mattos
Teve muito trabalho no primeiro tempo e se saiu bem. Na segunda etapa, manteve a disposição na marcação.

7,0
Andrezinho
É fundamental que ele funcione para o time produzir. Começou mal o jogo, mas subiu de produção e ajudou.

4,5
Julio dos Santos
Mais uma partida abaixo dos companheiros. Sofreu na saída de bola, na marcação e errou muitos passes.

7,5
Nenê
Mostrou porque é o melhor jogador do time. Quando a equipe sofria, achou um belo passe e deixou Thalles na boa.

5,5
Jorge Henrique
Aparece mais por ser voluntarioso e ajudar na marcação do que pelo desempenho na parte ofensiva.

7,0
Thalles
Mais uma boa partida. Foi bem na briga contra a zaga adversária e fez um gol importantíssimo para o time.

5,5
Caio Monteiro

Entrou para dar mais movimentação no setor ofensivo e ainda ajudou na recomposição para segurar o resultado.

5,5
Bruno Gallo
Teve trabalho para segura o lado esquerdo do Botafogo, mas conseguiu ir bem no combate no meio-campo


Yago Pikachu
Entrou no lugar do cansado Madson apenas para fechar o lado direito e ganhar tempo. Ficou pouco em campo.

6,0
Jorginho
Seu maior mérito é ter organizado esse time. Mesmo com uma atuação ruim, conseguiu vencer o clássico.

BOTAFOGO

6,0
Jefferson

Foi praticamente um espectador do jogo. Não teve culpa no
gol e o Vasco praticamente não lhe deu mais trabalho.

5,0
Diego
Foi muito pouco acionado e efetivo durante o jogo. O Botafogo atacou muito mais pela esquerda.

6,0
Carli
Muita seriedade e força nos desarmes. Sofreu com Thalles, mas no geral foi bem no jogo.

6,0
Emerson
No mesmo nível do companheiro. Fez uma boa partida e quase marcou em cabeçada que parou no travessão.

6,0
Diogo Barbosa
O time atacou muito pelo seu lado e foi importante para evitar as investidas de Madson por ali.

6,0
Airton
A briga e a disposição de sempre. Está bem encaixado nesse sistema que Ricardo Gomes montou.

5,5
Bruno Silva
Foi bem no combate, mas poderia ter auxiliado o setor ofensivo com mais frequência.

5,5
Rodrigo Lindoso
No mesmo nível de Bruno Silva. Foi bem no combate, mas
apareceu pouco para ajudar na frente.

6,0
Salgueiro
Foi bem, principalmente quando o time pressionou, mas pecou pelo individualismo em alguns lances.

5,5
Gegê
Se movimentou bastante e buscou alguns cruzamentos para Ribamar. Saiu no início do segundo tempo.

6,5
Ribamar
Foi quem mais deu trabalho para a defesa do Vasco. Soube se movimentar bem e usar o corpo para incomodar.

6,0
Neilton
Se movimentou bastante e deu trabalho para a defesa vascaína no segundo tempo.

6,0
Renan Fonseca
Entrou no lugar do lesionado Emerson e teve pouco trabalho na defesa, já que o time atacava mais.


Gervasio Nuñez
Teve pouco tempo para mostrar alguma coisa e praticamente não apareceu.

6,5
Ricardo Gomes
Conseguiu dar organização e padrão tático ao time, mas falta qualidade ao elenco que é voluntarioso, mas limitado.