icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
27/08/2015
23:13

Com foco na Sul-Americana, o Atlético-PR recebeu os reservas do Joinville, na Arena da Baixada, nesta quinta, e não deu chances à zebra. Em grande vantagem no confronto, válido pela volta da segunda fase do torneio, o Furacão venceu, por 1 a 0, e se qualificou às oitavas da competição internacional para encarar o Brasília.

O Rubro-Negro paranaense tinha grande vantagem, conquistada na primeira partida. Na Arena Joinville, Walter e Douglas Coutinho marcaram, e o Furacão fez 2 a 0, dando contornos ao embate. No segundo jogo, deu o esperado. Com gol de Nikão, ainda na primeira etapa, o Furacão chancelou a vaga e administrou o duelo.

O JOGO

Tranquilo no confronto, o Furacão iniciou o jogo com o domínio da posse de bola. Logo no primeiro lance do embate, Walter tentou uma bicicleta, mas a bola saiu sem força. O Atlético-PR seguia com a pelota, mas não conseguia ser incisivo, até que Nikão disparou, aos 24, limpou a zaga, invadiu a área e tocou por cima do goleiro, abrindo o placar. Com a equipe reserva, o JEC não mostrava falta de entrosamento e não chegava ao ataque com perigo.

Focado no duelo, o Furacão seguia tomando as rédeas do jogo. Eduardo ganhou da marcação, pela direita, e soltou a bomba, que obrigou o goleiro Oliveira fazer bela defesa. Aos 36, Kadu aproveitou cruzamento para testar para o gol e assustar Oliveira. Logo após, Walter ajeitou para Deivid, que bateu de primeira, mas o arqueiro do JEC estava atento e impediu que o placar fosse ampliado. O JEC só finalizou aos 40. Marcelo Costa cruzou, e Rogério cabeceou. Nos acréscimos, a melhor chance catarinense. Marcelo Costa cobrou falta no travessão, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A segunda etapa seguiu com a mesma tônica. Logo aos três, Walter recebeu centro da direita, dominou e bateu, no meio do gol. O domínio da posse de bola também continuo com o Furacão. No entanto, após as alterações dos dois treinadores, as equipes diminuiram o ritmo do jogo. Aos 23, Crysan, que entrou no lugar de Walter, testou novamente o goleiro Oliveira.

Já abatido, o time catarinense teve uma baixa na etapa complementar. Rogério recebeu o segundo amarelo e foi expulso, deixando o JEC em inferioridade numérica até o fim. Kempes ainda tentou empatar, mas a bola saiu à esquerda de Weverton. O Furacão só administrou o confronto e, agora, vai encarar o Brasília, nas oitavas.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 1 X 0 JOINVILLE

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data e horário: 27/08/2015, quinta-feira, às 21h15
Árbitro: Wilson Lamouroux (COL)
Assistentes: Eduardo Diaz e Cristian De La Cruz (ambos da COL)
Renda/Público: 13.222 presentes
Cartão amarelo: Danrlei, Rogério (JEC)
Cartão Vermelho: Rogério (JEC)

GOLS:  Nikão (24'/1ºT); (1-0);

ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Kadu (Gustavo - 35'/2ºT), Wellington e Sidcley; Otávio, Deivid, Daniel Hernández, Nikão e Marcos Guilherme (Barrientos - 26'/1ºT); Walter (Crysan - 20'/2ºT). Técnico: Milton Mendes

JOINVILLE: Oliveira; Arnaldo, Dankler, Rafael Donato (Alef - 23'/2ºT) e Rogério; Fabrício, Danrlei e Marcelo Costa; Marion (Mateus Silva - 8'/2ºT), Ricardo Bueno (Kempes - 17'/2ºT) e Silvinho. Técnico: PC Gusmão

Com foco na Sul-Americana, o Atlético-PR recebeu os reservas do Joinville, na Arena da Baixada, nesta quinta, e não deu chances à zebra. Em grande vantagem no confronto, válido pela volta da segunda fase do torneio, o Furacão venceu, por 1 a 0, e se qualificou às oitavas da competição internacional para encarar o Brasília.

O Rubro-Negro paranaense tinha grande vantagem, conquistada na primeira partida. Na Arena Joinville, Walter e Douglas Coutinho marcaram, e o Furacão fez 2 a 0, dando contornos ao embate. No segundo jogo, deu o esperado. Com gol de Nikão, ainda na primeira etapa, o Furacão chancelou a vaga e administrou o duelo.

O JOGO

Tranquilo no confronto, o Furacão iniciou o jogo com o domínio da posse de bola. Logo no primeiro lance do embate, Walter tentou uma bicicleta, mas a bola saiu sem força. O Atlético-PR seguia com a pelota, mas não conseguia ser incisivo, até que Nikão disparou, aos 24, limpou a zaga, invadiu a área e tocou por cima do goleiro, abrindo o placar. Com a equipe reserva, o JEC não mostrava falta de entrosamento e não chegava ao ataque com perigo.

Focado no duelo, o Furacão seguia tomando as rédeas do jogo. Eduardo ganhou da marcação, pela direita, e soltou a bomba, que obrigou o goleiro Oliveira fazer bela defesa. Aos 36, Kadu aproveitou cruzamento para testar para o gol e assustar Oliveira. Logo após, Walter ajeitou para Deivid, que bateu de primeira, mas o arqueiro do JEC estava atento e impediu que o placar fosse ampliado. O JEC só finalizou aos 40. Marcelo Costa cruzou, e Rogério cabeceou. Nos acréscimos, a melhor chance catarinense. Marcelo Costa cobrou falta no travessão, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A segunda etapa seguiu com a mesma tônica. Logo aos três, Walter recebeu centro da direita, dominou e bateu, no meio do gol. O domínio da posse de bola também continuo com o Furacão. No entanto, após as alterações dos dois treinadores, as equipes diminuiram o ritmo do jogo. Aos 23, Crysan, que entrou no lugar de Walter, testou novamente o goleiro Oliveira.

Já abatido, o time catarinense teve uma baixa na etapa complementar. Rogério recebeu o segundo amarelo e foi expulso, deixando o JEC em inferioridade numérica até o fim. Kempes ainda tentou empatar, mas a bola saiu à esquerda de Weverton. O Furacão só administrou o confronto e, agora, vai encarar o Brasília, nas oitavas.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 1 X 0 JOINVILLE

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data e horário: 27/08/2015, quinta-feira, às 21h15
Árbitro: Wilson Lamouroux (COL)
Assistentes: Eduardo Diaz e Cristian De La Cruz (ambos da COL)
Renda/Público: 13.222 presentes
Cartão amarelo: Danrlei, Rogério (JEC)
Cartão Vermelho: Rogério (JEC)

GOLS:  Nikão (24'/1ºT); (1-0);

ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Kadu (Gustavo - 35'/2ºT), Wellington e Sidcley; Otávio, Deivid, Daniel Hernández, Nikão e Marcos Guilherme (Barrientos - 26'/1ºT); Walter (Crysan - 20'/2ºT). Técnico: Milton Mendes

JOINVILLE: Oliveira; Arnaldo, Dankler, Rafael Donato (Alef - 23'/2ºT) e Rogério; Fabrício, Danrlei e Marcelo Costa; Marion (Mateus Silva - 8'/2ºT), Ricardo Bueno (Kempes - 17'/2ºT) e Silvinho. Técnico: PC Gusmão