Atlético-GO x Vasco (Foto: Divulgação/Vasco)

Dragão pode terminar a rodada na liderança da Série B(Foto: Divulgação/Vasco)

LANCE!
13/06/2016
20:21
Rio de Janeiro(RJ)

A nona rodada da Série B será toda disputada nesta terça-feira. Um dos atrativos é a possibilidade da troca na liderança pela primeira vez na competição, já que o Vasco está no posto desde a primeira rodada. Há pelo menos três equipes que podem ultrapassar o Cruz-Maltino, caso a equipe carioca não vença o Náutico em São Januário.

Uma delas é o Atlético-GO, que tirou a invencibilidade do Vasco na última rodada, e agora vai a Santa Catarina enfrentar o Joinville, 14°, com nove pontos, na Arena Joinville, às 19h15. Para ser o novo líder, o Atlético precisa de pelo menos um empate e secar o time carioca. A favor do Atlético pesa o retrospecto do adversário de hoje como mandante nesta Série B. O Joinville disputou três partidas em seus domínios. Empatou duas e perdeu uma.

Se o Atlético-GO pretende tirar vantagem do retrospecto do rival, há, porém, um fator que pode ajudar o time catarinense: o cansaço do time goiano. Este será o terceiro jogo seguido do clube fora de Goiás. Além disso, o Dragão não poderá contar com o o atacante Júnior Viçosa, expulso na partida do sábado passado. Alison e Luís Soares disputam a vaga.

Outra equipe que pode ser líder ao término da rodada é o Bahia. O Tricolor baiano está em terceiro, com 17 pontos. Para alcançar a ponta será necessário superar o Criciúma, às 19h15, no Heriberto Hülse, e torcer para que Vasco e Atlético GO percam. Também será necessário superar as ausências de Mário, Yuri, Gustavo e Edgar Junio.

Na parte baixa da tabela, a luta contra o rebaixamento conta com um confronto de seis pontos entre os desesperados Vila Nova e Sampaio Corrêa, com sete e e quatro pontos, respectivamente, se enfrentam às 19h15 em busca de um respiro no campeonato. O time goiano terá a volta de Fabinho para o ataque e Assis na zaga. Jefferson Feijão entra no lugar de Maguinho, lesionado, e Vinicius Simon entra no lugar de Anderson, suspenso. O time nordestino entra em campo confiante após a primeira vitória na competição. O meia Daniel Barros está fora da partida. Em seu lugar, deve entrar Cleitinho. O atacante Pimentinha, que costuma entrar no segundo tempo, também está fora.

Confira abaixo as partidas que completam a rodada:

Tupi x Luverdense, às 19h15, no Municipal Radialista Mário Helênio

O Galo Carijó é o lanterna da competição, com apenas três pontos e precisa vencer para começar a reagir. O único triunfo aconteceu na goleda sobre o Paysandu, em casa, na terceira rodada. Os visitantes confiam no talento do jovem Kazu, da Seleção sub-18, para poder derrubar o Tupi.

Ceará x Brasil de Pelotas, às 21h30, no Castelão

Após a sequência de três vitórias ser quebrada pelo Luverdense, o Ceará está focado para voltar somar três pontos e subir na tabela. O Vozão está em sétimo, com 13 pontos. Ontem, o Vozão anunciou a contratação do goleiro Lauro, ex Inter e Atlético MG. Ele deve estrear já nas próximas rodadas. Já o time gaúcho luta para deixar de ser inscontante e entrar no G4. Uma vitória e uma derrota do Naútico colocam o time gaúcho na zona de acesso.

CRB x Bragantino, às 21h30, no Rei Pelé

Pelo lado dos mandantes, Gerson Magrão, Neto Baiano, Elton Lira e Juliano estão fora da partida. O clube alagoano está em 8°, com 12 pontos e luta pela afirmação no grupo de cima da tabela. Já o time paulista entra em campo para se afastar ainda mais da zona da degola. Hoje, o Bragantino está em 15°, com oito pontos e a dois do primeiro time dentro da zona, o Goiás.

Paysandu x Avaí, às 21h30, no Curuzu

No duelo azul da rodada, o Papão não vence há quatro jogos: são três derrotas e um empate. Ele está com seis pontos, em 18 °. Para piorar o quadro, o time pode virar o lanterna da competição em caso de nova derrota. Celsinho e João Lucas estão fora do jogo. Fabinho Alves é dúvida, mas o Paysandu contará com o retorno de Gualberto, Pablo, Capanema, Betinho e Ruan. O Avaí também vem de uma série negativa: são duas derrotas seguidas e três nas últimas quatro partidas. Mais uma derrota aproxima o Leão da zona de rebaixamento. O clube catarinense está em 12°, com dez.