Audax x Santos

Atletas do Audax vêm chamando a atenção  (Foto: Marcelo Machado de Melo/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
01/05/2016
19:49
São Paulo (SP)

O assédio dos clubes grandes aos jogadores do Osasco Audax não foi bem digerido pelo técnico Fernando Diniz. Embora torça para o sucesso de seus comandados, ele acredita que isso é algo que poderia ter sido evitado para a disputa do Campeonato Paulista não perder o brilho.

– Eu acho que poderia ser evitado. Não chega a ser desrespeito. Sobre o Corinthians eu não sei de nada. Se chegaram a fazer contato com os jogadores diretamente, eu acho que poderia ser evitado. Poderia esperar o fim do campeonato. Eu acho que isso tira o brilho do campeonato. Vários times me procuraram para falar de jogadores, mas foram discretos. Isso dá mais trabalho pra gente, para deixar o jogador focado – disse o técnico.

Tchê Tchê já está acertado com o Palmeiras, e Bruno Paulo e Camacho interessam ao Corinthians. Negócios à parte, Diniz também falou sobre o empate em 1 a 1 com o Santos e afirmou que não foi pego de surpresa pelo jeito de jogar do rival.

– Treinamos para duas situações, pressão alta ou não, então não fomos pegos de surpresa. É um jogo que favorece o Santos, dá chances de contra-ataque, é um time muito rápido.

- Acho que foi um jogo bem legal, como era esperado, quem viu pela TV ou pelo estádio mesmo viu um grande espetáculo em Osasco. Espero que seja assim na Vila - agregou.