Rui Costa (Foto: Divulgação / Grêmio)

Rui Costa, ex-diretor do Grêmio, passará por período de aperfeiçoamento na Europa (Foto: Divulgação / Grêmio)

LANCE!
17/05/2016
10:37
São Paulo (SP)

Diretor executivo do Grêmio entre os anos de 2013 e 2016, Rui Costa pretende ampliar seus horizontes e adquirir conhecimento. Nos próximos 30 dias, o dirigente já tem programada uma viagem para a Europa, com o intuito de conhecer a estrutura e o método de trabalho administrativo, técnico e conceitual de algumas das principais agremiações do mundo.

- Eu acredito que todo e qualquer profissional precisa estar sempre se renovando e buscando conhecimento nos diferentes mercados do futebol. Apesar de o futebol ter uma mesma linguagem, as culturas se diferem bastante de um país para o outro. Adquirir aprendizado e novas técnicas de trabalho em algumas das maiores instituições do mundo é um dever do dirigente que quer sempre executar em excelência - afirma Rui Costa, que viaja no final da próxima semana.

O ‘tour’ europeu terá passagens por clubes como Roma, Milan, Internazionale, Arsenal e Barcelona, todas intermediadas por meio de contato e influência adquirida com os anos no futebol. Além disso, o ex-diretor gremista já tem presença confirmada para assistir à final da Copa da Itália, entre Juventus e Milan, e deverá acompanhar a decisão da Champions League, entre Real e Atletico de Madrid.

- Quero viver intensamente todos os momentos em cada um desses clubes e empresas. Já fiz contato com representantes e minha ideia é aperfeiçoar aquilo que eu já sei como executivo do futebol, tentando trazer para o Brasil alguns ensinamentos e técnicas que possam ser colocadas no nosso cotidiano. Será uma viagem 100% profissional - explica.

O dirigente aproveitou, mais uma vez, para comentar sobre seu desligamento do Grêmio, feito em comum acordo com a presidência.

- Meus quatro anos como executivo do Grêmio certamente me transformaram em um profissional gabaritado. Sem qualquer tipo de dúvida, tenho a certeza de ter feito o meu melhor. Nunca pequei por omissão e sempre tentei montar elencos que estivessem à altura da grandeza do clube. A partir de agora, é refletir sobre os erros e acertos e virar a página. Quero aproveitar bastante essa minha estadia na Europa e voltar com a mente revigorada - finalizou.