Roger Machado

                                  Roger observa seus comandados durante o Gre-Nal (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

LANCE!/RADAR
22/11/2015
20:14
Porto Alegre (RS)

O Grêmio pressionou o Internacional nos minutos finais do Gre-Nal deste domingo, o de número 408 da história e disputado no Beira-Rio, mas a atuação como um todo ficou abaixo do esperado pelo técnico Roger Machado, principalmente no primeiro tempo. 

– O Inter optou por uma marcação mais alta fazendo com que, em alguns momentos, nós recuássemos a bola para o Marcelo.  Foi um primeiro tempo de domínio territorial do Inter. Intenso, truncado. Um primeiro tempo abaixo, mas num clássico, a gente não imaginava encontrar facilidade – destacou o treinador, em entrevista coletiva, antes de completar:

– No segundo tempo, voltamos para a partida, controlamos as ações, criamos as oportunidades e podíamos ter empatado. Foi importante que a gente conseguiu, no segundo tempo, entrar na partida, igualando a condição para tentar empatar.

A derrota no Beira-Rio ainda adiou por mais uma rodada a classificação do Grêmio para a Libertadores do ano que vem. Roger admitiu que existe tal ansiedade.

– Gostaria que já estivesse definido. A gente tem uma condição especial para classificar, mas sabemos que ainda tem a matemática. Vamos ver se no jogo contra o Atlético a gente consegue o segundo lugar – completou o técnico.

O jogo citado por Roger Machado será diante do vice-líder Atlético-MG, rival do próximo domingo, na Arena.  Como o Galo ficou no 2 a 2 com o Goiás, o Grêmio segue com a possibilidade de alcançar a vice-liderança do Brasileirão ao término da competição. No momento, o Atlético soma 66 pontos, contra 62 do Grêmio com duas rodadas a serem disputadas.